Canabidiol: Como Comprar, Onde e Preços [Guia]

Você sabe como comprar canabidiol para tratamento de doenças? Veja como importar passo a passo ou comprar no Brasil!
importar farmácia

Comprar canabidiol é legal e possível no Brasil, apesar da importação ainda ser o caminho que abre as portas para o tratamento de um número muito maior de doenças.

Tanto a compra em farmácias nacionais quanto a compra no exterior é um processo relativamente recente para o público brasileiro.

Por trás dele, há uma série de resoluções da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, regulamentando o acesso aos medicamentos com CBD no Brasil.

Neste conteúdo, vamos explicar quais são as regras para comprar canabidiol, além de falar sobre as suas indicações, como funciona o tratamento e muito mais.

Siga a leitura e fique bem informado.

Canabidiol: para que serve?

O canabidiol, também conhecido pela sigla CBD, é um dos muitos canabinoides que podem ser extraídos das plantas do gênero Cannabis.

Trata-se de uma substância com propriedades terapêuticas, utilizada há milhares de anos como medicamento e que, atualmente, vem sendo intensamente estudada por pesquisadores do mundo todo.

A descoberta de novas ações curativas têm relação direta com uma outra descoberta, a do sistema endocanabinoide, pelo pesquisador Phd. Raphael Mechoulam.

Foi a partir deste fato que ficou claro para a comunidade médica e científica de que maneira o CBD poderia ser utilizado em benefício à saúde humana.

Basicamente, ele interage com outras células do corpo por meio de dois receptores celulares: o CB1 e o CB2.

No entanto, já se sabe que esse mecanismo de ação, em alguns casos, pode ser muito mais complexo.

O que importa saber é que o canabidiol é extremamente eficaz e apresenta poucos efeitos adversos, porque, de certa forma, ele “turbina” o sistema endocanabinoide.

Não menos importante, essa ação não decorre de nenhum tipo de manipulação genética ou de químicas pesadas.

Tudo é 100% natural e orgânico, por isso, o tratamento com CBD é tão seguro e bem tolerado pela maioria das pessoas.

O que é o óleo de CBD?

O óleo de CBD é o substrato extraído das plantas do gênero Cannabis.

Este vem a ser o produto que resulta dos diversos métodos de extração, tais como o de Rick Simpson e, para quem tem mais recursos, o que utiliza ultrassom e o mais recomentado para fins medicinais por manter as propriedades da planta é a extração por CO2.

Seja qual for a técnica aplicada, o objetivo é obter o óleo usado como medicamento nos mais variados tratamentos ou como matéria-prima para fabricar outros itens de uso medicinal ou não.

Quais doenças podem ser tratadas com o canabidiol?

Ainda que mais estudos conclusivos sejam necessários, a ciência hoje já sabe que o CBD é realmente eficaz para tratar ou evitar uma série de doenças, síndromes e condições.

Veja algumas na lista abaixo.

Você pode clicar nos links para conferir conteúdos exclusivos e histórias de tratamentos reais com CBD em cada uma delas.

Como funciona o tratamento com canabidiol?

O tratamento com CBD não se difere dos outros no que diz respeito à necessidade de acompanhamento médico.

Embora nos EUA, Canadá e alguns países da Europa, produtos com CBD não precisam de receita médica para aquisição, essa costuma ser uma exigência prevista em lei no Brasil.

Isso porque, como toda substância de uso controlado, é indispensável fazer ajustes de dosagem e frequência antes e durante o processo.

Sobre esse ponto, vale chamar a atenção para um problema recorrente no Brasil: a automedicação, um mau hábito cultivado por 77% dos brasileiros e que pode até levar à morte. Mas por uso de CBD para fins medicinais não houve sequer um único caso de morte no mundo.

Portanto, ao usar qualquer fármaco, é preciso bastante cautela, embora os efeitos adversos sejam praticamente inexistentes no caso do CBD.

Nesse caso, o que está em jogo é a eficácia do tratamento, já que incontáveis fatores podem influenciar no seu sucesso.

Um deles, por exemplo, é o tipo de extrato usado, já que os da modalidade full spectrum apresentam efeitos diferentes dos gerados pelo CBD isolado. O efeito comitiva ou efeito entourage, no qual os canabinoides todos juntos são mais eficaz do que um canabidiol isolado.

Quem pode prescrever o canabidiol?

 

canabidiol comprar quem pode prescrever

 

É preciso também considerar que não há como comprar canabidiol no Brasil sem receita médica.

Seja nas farmácias, seja via importação, a chancela de um especialista, seja médico ou dentista, é condição obrigatória para adquirir medicamentos com CBD.

Por outro lado, é ainda bastante limitado o número de médicos que prescrevem a Cannabis medicinal no Brasil, apenas 0,4% dos mais de 500 mil profissionais habilitados ao exercício da medicina. E menor ainda o número de dentistas.

É por essa razão que o Portal Cannabis & Saúde reserva uma área para cadastro de profissionais prescritores, que podem receber indicações de pacientes que desejam realizar consulta, sem custos ou taxas.

Entendemos que, junto à questão do esclarecimento, caminha à do mercado.

Afinal, de nada resolveria uma população educada sobre o uso do CBD sem que o número de profissionais adeptos acompanhe essa evolução.

Já para você, paciente, a dica para encontrar um médico prescritor passa por acessar esta página e agendar uma consulta.

Quais são os passos para conseguir o uso do canabidiol?

Pela via da importação, o processo para comprar canabidiol segue os trâmites determinados pela Anvisa, independentemente do país de origem do produto.

Se essa for a sua única alternativa, basta seguir os passos conforme descrito a seguir.

1 – Consulta médica

O primeiro passo é a consulta com um médico ou dentista apto a prescrever medicamentos à base de CBD, dependendo das necessidades do paciente. Clique aqui e agende a sua consulta.

2 – Solicitação à Anvisa

De posse da receita, o paciente/comprador deverá preencher o formulário disponível no site da Anvisa.

Para isso, precisará ter um cadastro no site do governo, apresentar a receita e demais documentos exigidos.

Porém, muitas empresas já realizam gratuitamente este serviço para os pacientes, antes de solicitar a autorização de importação para a Anvisa, consulte a empresa que faz o serviço de importação e venda do produto receitado pelo profissional de saúde.

3 – Autorização da Anvisa

Em um prazo aproximado de 10 dias, ou quase que imediato, caso o produto receitado esteja na lista da RDC 570/21, a agência emite a resposta e, caso o pedido seja aprovado, emite a autorização para importação.

4 – Compra e entrega

Com a autorização da Anvisa em mãos, é possível, enfim, fazer a compra no exterior, sempre observando as regras da Anvisa, que só autoriza medicamentos administrados via oral ou nasal.

Para maior comodidade, o Portal Cannabis & Saúde auxilia o paciente a realizar todo o processo de autorização junto a Anvisa gratuitamente, para os pacientes que agendaram a consulta por meio de nossa plataforma de agendamento de consultas. 

Agora que você já sabe que a forma legal de conseguir um produto de canabidiol no Brasil é através de um médico prescritor. Clique aqui nós conectamos você aos melhores médicos especialistas em Cannabis Medicinal do Brasil. Agende sua consulta.

Como faço para comprar o canabidiol?

A compra do canabidiol no Brasil pode ser feita de três formas, todas com a obrigatoriedade em lei de ter a receita do produto.

  • Uma é pela importação, que você acabou de ver como funciona. 
  • Outra opção é um produto artesanal, produzido por uma associação ou cultivo próprio via judicialização.
  • A por fim, é diretamente em uma drogaria ou farmácia, caso o produto prescrito tenha autorização da Anvisa para venda em território nacional. Nesse cenário, é só apresentar a receita médica (uma das vias fica com o estabelecimento) e fazer a aquisição normalmente.

Como veremos logo à frente, há ainda a opção de comprar online no exterior.

Embora seja cômodo, é preciso ter certos cuidados ao comprar pela web, conforme também vamos explicar com mais detalhes a seguir.

Canabidiol: comprar na farmácia?

A liberação do primeiro produto produzido com CBD, no Brasil, é ainda recente.

Apenas em abril de 2020 foi liberada a venda nas farmácias e drogarias de um fitofármaco de CBD fabricado pela farmacêutica paranaense Prati-Donaduzzi.  Porém, é um produto de CBD isolado, indicado para tratar epilepsia, que atualmente é disponibilizado nas opções: 200 mg/ml, 50 mg/ml e 20 mg/ml.

O outro fármaco é o Mevatyl, indicado para tratar esclerose múltipla (EM), sobre o qual falaremos com detalhes em um tópico mais à frente.

Vale lembrar ainda que, em abril de 2021, a Anvisa liberou mais dois produtos medicinais à base de canabidiol, com concentrações de 17 mg/ml e 34 mg/ml. As permissões são para a empresa estadunidense NuNature e são válidas por 5 anos.  

Nos três casos, a venda depende da receita médica.

Como conseguir o canabidiol no Brasil?

Além das opções que citamos até aqui (importação ou compra em farmácias onde há disponibilidade do produto), há uma terceira via para obter canabidiol no Brasil: o cultivo da Cannabis para extração artesanal do extrato de CBD.

Essa é a escolha de famílias de pacientes que podem se favorecer do tratamento com canabidiol, mas encontram preços pouco acessíveis de medicamentos nacionais e importados, ou preferem seguir o tratamento com um produto artesanal, sem as características e qualidade de um produto farmacêutico.

A vantagem disso, naturalmente, é o barateamento dos custos com os produtos, já que o processo de extração do canabidiol neste caso é realizado com infraestrutura reduzida e artesanal. Porém, não existem estudos, muito menos pesquisas em todo o mundo realizadas com óleos de Cannabis artesanais publicadas em veículos de confiança, como por exemplo o Pubmed. com mais de 25 mil publicações de estudos científicos sobre o uso da Cannabis, dentre os quais sua maioria se dá com o uso de óleos produzidos em empresas farmacêuticas.

Portanto, não se conhece os riscos que um paciente tem ao consumir um óleo caseiro.

No entanto, como fazer para cultivar Cannabis, tendo em vista que o plantio é proibido em nosso país e pode levar a até 15 anos de prisão?

A saída, nesse caso, é recorrer à justiça, processo que pode ser feito individualmente ou orientado por advogados especializados ou associações como a Santa Cannabis.

Localizada em Florianópolis, uma ONG que tem por objetivo facilitar o acesso ao medicamento, auxiliando pacientes e familiares que buscam por apoio e esclarecimento em questões envolvendo a Cannabis medicinal.

 

 

canabidiol como comprar

 

Como já dizia o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho: “quem tem fome, tem pressa”.

O mesmo se aplica às pessoas que dependem dos medicamentos à base de CBD para viver ou para controlar condições de saúde fragilizadas.

Considerando que pode levar um certo tempo até conseguir uma autorização judicial para plantar Cannabis, uma opção é voltar os olhos para exportadores de CBD medicinal.

Dependendo do país e do fármaco buscado, é possível até encontrar medicamentos com preços atraentes, já que, em alguns deles, o real brasileiro vale mais que a moeda local.

Porém, há uma série de regras para trazer um produto importado para o Brasil, tais como:

  • O paciente precisa ter uma receita médica com o nome do produto da empresa exportadora.
  • A Anvisa precisa autorizar a empresa exportadora de CBD a importar produtos para o Brasil. Esta informação o paciente fica sabendo somente quando solicita a autorização para importação do produto de CBD no site da Anvisa.
  • O produto não pode ter restrições de teor de THC no país de origem. Por exemplo: Estados Unidos, produtos com teor acima de 0,3% dificilmente saem do país.
  • O frete não pode ser feito pelos correios, precisa ser feito por uma empresa logística, tais como: DHL, UPS e muitas outras semelhantes.
  • O produto precisa estar acompanhado de todos os documentos: receita, autorização da Anvisa, comprovante de compra, cópia de documento de identidade, comprovante de residência e outros que a empresa logística solicitar.
  • O produto ao chegar no Brasil irá obrigatoriamente passar pela alfândega, tanto da polícia federal, como da Anvisa para conferir todos os documentos, autorização e produtos para posteriormente liberar a entrega no Brasil. 
  • Somente após liberado o produto pelos órgãos competentes é que será entregue na casa do paciente.

Veja, então, algumas das alternativas às quais você pode recorrer.

Uruguai

O nosso vizinho Uruguai é um dos poucos países sul-americanos em que o mercado de Cannabis encontra-se desenvolvido, já que, por lá, o cultivo é liberado.

Desse modo, é uma opção interessante para importar canabidiol, tendo em vista o leque mais amplo de produtos disponíveis que, por sua vez, são vendidos a preços mais competitivos.

Outra vantagem de comprar CBD do Uruguai é que, por ser o país mais próximo do Brasil, os custos com frete e impostos são reduzidos.

Colômbia

Outro vizinho do Brasil no qual é possível encontrar canabidiol para importar é a Colômbia.

A despeito do passado distante, em que o tráfico de entorpecentes levou o país ao caos, hoje o que se vê é um mercado relativamente seguro, estimulado pela autorização do cultivo da Cannabis.

Os colombianos contam, inclusive, com lojas virtuais nas quais os pedidos de importação podem ser feitos por pessoas de todas as partes do mundo.

Dessa forma, as solicitações feitas por brasileiros são, em geral, atendidas sem problemas, desde que o comprador tenha a autorização da Anvisa.

Canadá

Tido por pesquisadores, especialistas e autoridades sanitárias como um dos países mais evoluídos em relação à legislação, o Canadá é também onde está a maior plantação legal de Cannabis do mundo.

Por isso, a importação de CBD medicinal desse país deve ser sempre considerada, já que, por lá, o mercado de canabidiol é muito mais desenvolvido – até mais do que o dos Estados Unidos.

Uma prova de como os canadenses tratam com seriedade esse setor vem do próprio site do governo, no qual existe uma página dedicada a informar o público sobre a Cannabis medicinal.

Por outro lado, a desvantagem em importar do Canadá, se comparado com os vizinhos sul-americanos, é o custo, já que o dólar canadense vale mais que o real.

Além disso, os impostos e as taxas alfandegárias para comprar de um país da América do Norte geralmente são maiores.

O maior comparativo de produtos de Cannabis Medicinal do País. Mais de 300 produtos com informações nos mínimos detalhes para você poder escolher o melhor para o seu tratamento!

Canabidiol: comprar em outros países [importar]

Qual é o preço do canabidiol?

 

Como você agora já sabe, no momento, há três empresas que vendem produtos nas farmácias do Brasil.

Um deles é produzido pela farmacêutica Prati-Donaduzzi e seu preço cheio é R$ 2,5 mil (promocional a R$2.143,00) na versão 200 mg/ml CBD isolado em frasco de 30ml. Há versões deste mesmo produto com quantidade menor de CBD, com 50 mg/ml e 20 mg/ml ambos também em frasco de 30ml e obviamente com preço menor, mas entenda que preço menor não quer dizer que custa menos o tratamento. Uma vez que vem menos CBD no frasco do produto, você precisa de mais frascos para o tratamento receitado pelo médico.

Já o Mevatyl, da 4Bio, pode custar acima de R$3 mil, mas é encontrado em valor promocional por R$ 2.833,74, por frasco com 10 ml.

E por fim, os produtos da Nunature, são soluções de uso oral à base de canabidiol, full spectrum, nas concentrações de 17,18 mg/mL e 34,36 mg/mL, com até 0,2% de THC, em frascos de 30ml.  Conforme revista Exame, a expectativa é de que os preços de cada frasco seja R$ 520 e R$ 840, respectivamente.

E por quê, afinal, os preços são tão altos para esses medicamentos?

Na verdade, os valores elevados se justificam pela necessidade de importar a matéria-prima para a sua produção, já que o plantio de Cannabis, como vimos, ainda é proibido no Brasil.

Esse é um dos entraves a serem superados.

Quanto custa um frasco de canabidiol importado?

Como costuma ocorrer em mercados de regulamentação recente, a expectativa para os próximos meses é de queda no preço do canabidiol, tendo em vista os efeitos da RDC Nº 335 e RDC Nº570 da ANVISA.

Há importadores que estimam redução de até 75% no custo dos frascos e medicamentos, cuja etapa final da produção é feita no Brasil.

Assim, as estimativas mais otimistas indicam que o valor do tratamento com um frasco de canabidiol possa ficar abaixo de R$ 300,00.

Qual é o preço do canabidiol nos EUA?

Para os brasileiros, em geral, a primeira alternativa que surge na hora de importar CBD é o mercado norte-americano.

De fato, se levarmos em conta os quesitos variedade e preço, não há país no mundo que possa competir com os Estados Unidos.

A compra, nesse caso, também pode ser feita online.

É possível encontrar uma extensa variedade de produtos, que custam de módicos US$ 2,00 a até US$ 2,5 mil.

Se essa for a sua escolha, não deixe de tomar os cuidados já destacados para as compras online e de avaliar os custos envolvidos.

Por isso, vale sempre uma boa pesquisa de mercado antes de decidir por importar, seja dos Estados Unidos, seja de qualquer outro país.

Comprar canabidiol: como funciona a regulamentação da Anvisa?

 

canabidiol regulamentacao anvisa

 

A RDC Nº 327/2019 trouxe importantes mudanças a respeito do CBD medicinal.

Entre outras providências, ela estabeleceu requisitos para a comercialização de produtos de Cannabis para fins medicinais no país.

Com esse texto normativo, posteriormente a RDC Nº 335/2020, a entidade definiu novos critérios e simplificou a forma como o extrato de canabidiol poderia ser importado.

Sobre a composição dos produtos, por exemplo, vale destacar o que diz o artigo 4º:

Os produtos de Cannabis contendo como ativos exclusivamente derivados vegetais ou fitofármacos da Cannabis sativa, devem possuir predominantemente, canabidiol (CBD) e não mais que 0,2% de tetrahidrocanabinol (THC).

Parágrafo único. Os produtos de Cannabis poderão conter teor de THC acima de 0,2%, desde que sejam destinados a cuidados paliativos exclusivamente para pacientes sem outras alternativas terapêuticas e em situações clínicas irreversíveis ou terminais.

Outro aspecto a ser destacado é que o paciente só pode comprar em farmácia medicamentos com receita médica  de controle especial azul (B) ou amarela (A), dependendo do fármaco em questão.

Não menos importante: a resolução define em seu artigo 5º que eles podem ser prescritos quando estiverem esgotadas as outras opções terapêuticas disponíveis no mercado brasileiro.

Lembrando ainda que em 2021 com a RDC 570, a ANVISA diminuiu ainda mais o tempo de aprovação da importação dos produtos da planta Cannabis.

Conclusão

Embora tenha evoluído bastante, o mercado brasileiro para canabidiol ainda está em estágio inicial.

Por outro lado, como você viu neste artigo, o panorama hoje é bastante promissor, tendo em vista os avanços legislativos e a expectativa de abertura do setor.

Espera-se que, nos próximos anos, nosso mercado interno não só cresça, como passe a gerar emprego e renda para milhões de pessoas, como acontece nos Estados Unidos.

Para continuar por dentro do assunto, não deixe de ler os conteúdos publicados aqui, no Portal Cannabis & Saúde, sua fonte de informação confiável quando o assunto é Cannabis medicinal.

E se você procura por um médico prescritor, acesse esta página e agende uma consulta.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email