Cannabis & Saúde

Pacientes e usuários de Cannabis podem doar sangue?

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue, e quem faz uso da Cannabis também pode doar, mas deve se atentar para as orientações da Cruz Vermelha
cannabis doacao de sangue

A doação de sangue é um gesto humanitário e altruísta. No Brasil, os bancos de sangue estão constantemente com estoques em estado crítico, por isso fazem apelos à sociedade para a doação. Essa situação motivou a Organização Mundial de Saúde a criar o Dia Mundial do Doador de Sangue, lembrando anualmente em 14 de junho.

O dia foi escolhido em homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 ), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Usuários e pacientes de Cannabis podem doar sangue?

O uso da Cannabis, seja para fins medicinais ou adulto, não desqualifica um indivíduo para a doação de sangue. No entanto, os potenciais doadores que fazem uso adulto ou que usam produtos medicinais com THC devem realizar após no mínimo 12h da administração da substância. 

As orientações dos bancos de sangue no Brasil se referem apenas ao uso adulto da droga e não o medicinal. A Cruz Vermelha, por sua vez, não testa doações de sangue para a presença de tetrahidrocanabinol (THC), o principal componente psicoativo da maconha.

Os remédios de Cannabis mais comuns no país não possuem THC, tendo apenas canabidiol (CBD) e outros canabinoides na sua formulação. Ou seja, teoricamente não há qualquer restrição ao uso desses produtos. Na dúvida, a Cruz Vermelha orienta o potencial doador a entrar em contato com o banco de sangue ou com a própria entidade.

A Cruz Vermelha inclusive produziu um material com perguntas e respostas relacionadas à doação de sangue e o uso de drogas, traduzido pelo portal Cannabis & Saúde.

Perguntas frequentes:

A Cruz Vermelha desencoraja os consumidores de maconha de doar sangue?
Não. A Cruz Vermelha incentiva todos os doadores elegíveis que se sentem bem a marcar uma consulta para doar sangue usando o aplicativo de doadores de sangue da Cruz Vermelha.

Preciso esperar para doar depois de usar cannabis? Em caso afirmativo, por quê?
Não há dados que especifiquem quanto tempo um indivíduo deve esperar entre o uso de Cannabis e a doação de sangue. Não se apresente para doar se o uso de Cannabis estiver prejudicando sua memória ou compreensão.

A Cruz Vermelha alguma vez testa amostras de sangue para THC?
Não.

Se eu consumir produtos com alto teor de THC, isso me desqualifica?
Não. Novamente, pedimos que você não se apresente para doar se o uso de Cannabis estiver prejudicando sua memória ou compreensão.

Sou um grande consumidor de maconha. Um receptor de transfusão pode falhar em um teste de drogas se receber meu sangue?
Não.

Posso doar sangue para a Cruz Vermelha se eu tomar maconha sintética prescrita ou variedades recreativas como K2 e Spice?
O FDA (análogo à Anvisa dos EUA) não tem diretrizes universais sobre a maconha sintética (também conhecido como “canabinoide sintético”) e deixa as decisões sobre a aceitabilidade das doações desses usuários aos centros de sangue locais. Isso ocorre porque eles estão na melhor posição para saber se contaminantes desqualificantes estão aparecendo em suas áreas.

Quer a maconha sintética que você toma seja um medicamento prescrito ou uma variedade recreativa, nosso melhor conselho é entrar em contato com nosso Centro de Apoio ao Cliente e Doadores da Cruz Vermelha pelo telefone 1-866-236-3276.

P: As diretrizes diferentes se aplicam aos consumidores de maconha ou maconha sintética que desejam doar plaquetas ou plasma especificamente?

R: Para um usuário de cannabis doando plaquetas ou plasma, as diretrizes são as mesmas para doar sangue total.

Para os usuários de maconha sintética, existem preocupações de que algumas variedades de maconha sintética sem prescrição médica tenham sido encontradas para conter certos anticoagulantes conhecidos por contaminarem o plasma.

As políticas sobre a aceitação de doações de sangue total, plaquetas ou plasma de consumidores recreativos de maconha sintética são definidas atualmente por cada hemocentro local. Essas políticas variam de acordo com a presença ou não de contaminantes em suas áreas.

Se você é um consumidor recreativo de maconha sintética que deseja doar plasma, sugerimos que entre em contato com nosso Centro de Apoio ao Cliente e Doadores da Cruz Vermelha pelo telefone 1-866-236-3276.

O que doadores de sangue devem evitar?

Além da maconha, existem outros critérios que podem impedir a pessoa de doar sangue. Entre elas estão:

  • uso de drogas injetáveis não prescritas por médico;
  • ser portador de HIV ou hepatite B /C
  • se sentir mal no dia ou antes da doação
  • grávidas ou lactantes
  • ter recebido uma transfusão sanguínea no último ano

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email