Hemp Oil: o que é, tipos, benefícios e como usar

O hemp oil traz diversos benefícios ao corpo humano. Confira quais são e quais doenças podem ser tratadas com ele!
hemp oil

O hemp oil, ou óleo de cânhamo, é um dos tantos produtos obtidos a partir de plantas do gênero Cannabis, com efeitos terapêuticos, nutricionais e até estéticos.

Ele aparece como uma alternativa para tratar diversas condições médicas, de problemas de pele à redução da pressão sanguínea.

No entanto, uma boa parcela dos brasileiros ainda associa os medicamentos produzidos com base na Cannabis aos efeitos psicoativos do THC.

Por isso, quando se trata de usar esses fármacos, a desinformação é o primeiro mal a ser combatido.

Essa é a proposta deste conteúdo: informar e esclarecer sobre os principais usos do hemp oil e de outros produtos feitos a partir do CBD ou THC.

O que é hemp oil?

O hemp oil é o óleo obtido geralmente pela compressão de sementes de cânhamo.

Em sua versão não refinada prensada a frio, ele apresenta uma cor verde-clara ou verde-escura e sabor parecido com o de nozes.

O óleo de cânhamo não deve ser confundido com o óleo de haxixe, um item que contém tetrahidrocanabinol (THC) e é produzido a partir da flor da Cannabis.

Já a versão refinada é límpida, incolor e insípida (sem sabor), sendo utilizada principalmente em produtos de beleza.

Por sua vez, o óleo de semente de cânhamo industrial é usado em lubrificantes, tintas, combustíveis e plásticos.

Enquanto o não industrial aparece na produção de sabonetes, xampus e detergentes.

Para que serve o hemp oil?

Você já se perguntou para que serve o óleo de cânhamo?

Se sim, saiba que essa é uma dúvida comum, já que normalmente a utilidade da Cannabis está mais associada ao uso medicinal.

No entanto, como vimos no tópico anterior, o hemp oil vai muito além de um substrato para a produção de medicamentos.

Dependendo da forma como é processado, pode servir para finalidades bastante diversas.

De qualquer modo, hoje ele vem sendo mais usado como um cosmético, embora sua aplicação medicinal também já seja conhecida.

Aqui mesmo, no portal Cannabis & Saúde, já relatamos um caso bem-sucedido de uma paciente que teve alívio de dores musculares com o uso tópico de pomada à base de CBD.

E tem muitos outras situações de sucesso, como você verá ainda neste artigo.

Conheça os diferentes tipos de hemp oil

Você provavelmente já deve ter percebido que não existe apenas um tipo de hemp oil.

Cada um deles é obtido por processos distintos, além, é claro, de serem indicados para usos diferentes.

Assim sendo, existem quatro variedades de óleo de cânhamo disponíveis no mercado.

Hemp oil extract

Diferentemente das substâncias isoladas de CBD, este tipo de óleo de cânhamo é um extrato que contém substâncias da planta inteira.

Portanto, nele há uma mistura de fitocanabinoides, terpenos e flavonoides diferentes, todos trabalhando juntos, produzindo o chamado efeito entourage.

O hemp oil extract é retirado do caule ou semente da planta de cânhamo, já que é dela que se obtém seus compostos benéficos, os fitocanabinoides.

O mais conhecido é o canabidiol.

No corpo, os canabinoides interagem e apoiam o sistema endocanabinoide, um sistema regulador descoberto na década 1960 e que tem papel importante nas funções digestivas e imunológicas, na saúde do cérebro e muito mais.

Hemp seed oil

Hemp seed oil é o óleo extraído especificamente das sementes de cânhamo.

O que diferencia este dos outros tipos de óleo de cânhamo, o composto da semente contém pouco ou nenhum CBD.

Por isso, é consumido por sua concentração ideal de ácidos graxos, sendo normalmente usado para fins culinários ou cosméticos.

Pele, unhas e cabelo mais saudáveis são alguns dos seus benefícios.

CBD oil

O óleo de CBD é um composto isolado de canabidiol fitocanabinoide.

Isso significa que ele contém apenas o CBD fitocanabinoide e, portanto, não age pelo efeito entourage – ou seja, trata-se de uma substância independente.

Esse óleo pode ser produzido a partir de Cannabis sativa ou cânhamo, uma espécie com baixo teor de THC.

Cannabis oil

Por fim, temos o Cannabis oil, derivado da planta Cannabis sativa e que pode conter CBD em concentrações variadas.

O óleo de Cannabis também pode apresentar maiores quantidades de THC, o que é capaz de gerar efeitos adversos – por outro lado, garante o efeito entourage.

Hemp oil e seus benefícios

hemp oil e seus beneficios

São numerosos os relatos em pesquisas acadêmicas que dão conta dos benefícios do hemp oil em suas diversas modalidades.

Também são incontáveis os casos de sucesso de pacientes que obtiveram ótimos resultados quando os tratamentos convencionais passaram a não dar mais respostas.

Conheça, então, alguns dos vários benefícios associados ao óleo de cânhamo e de que forma eles são obtidos.

Renova a pele

O óleo da semente de cânhamo é altamente nutritivo para a pele.

As vitaminas e demais componentes presentes nele podem ajudar a manter a aparência saudável e a prevenir erupções cutâneas.

Um estudo de 2014, publicado pela American Chemical Society, analisou o perfil lipídico do óleo de semente de cânhamo e descobriu que ele é rico em óleos benéficos e ácidos graxos.

A abundância desses ácidos faz dele uma excelente escolha para a nutrição da pele e como proteção contra inflamações, efeitos oxidativos e outras causas de envelhecimento.

Em um outro estudo de 2014, intitulado Plants used to treat skin diseases, foi observado que a aplicação tópica do óleo de semente de cânhamo fortalece a pele e a torna mais resistente a infecções.

Os autores também sugerem que o composto pode ser um tratamento eficaz para uma série de problemas de pele, incluindo:

  • Dermatite
  • Eczema
  • Eczema varicoso
  • Psoríase
  • Acne rosácea
  • Líquen plano.

Melhora a cognição

A presença de ácidos graxos no óleo de semente de cânhamo também é positiva para o cérebro, que requer uma grande quantidade de gorduras saudáveis para funcionar.

Sendo rico em outras substâncias que podem ajudar a proteger esse órgão, o hemp oil ainda vem a ser um poderoso aliado para a saúde.

Um estudo, no qual foram realizados testes em ratos, descobriu que o extrato de semente de cânhamo contendo esses compostos ativos é capaz de auxiliar a defender o cérebro contra processos inflamatórios.

Os autores observaram que o óleo contém polifenóis, que podem desempenhar um papel importante na proteção do órgão.

No entanto, ainda que os resultados iniciais sejam promissores, é preciso realizar estudos em humanos para confirmar esses benefícios.

Faz o coração funcionar melhor

O perfil nutricional do hemp oil faz dele um aliado também para a saúde do coração.

Um estudo publicado na revista Nutrition & Metabolism destaca o perfil nutricional das sementes de cânhamo.

Na pesquisa, foi observado que elas podem ter um efeito positivo em vários problemas de saúde, como pressão alta e aterosclerose, além de melhorar os níveis de colesterol.

Já em uma revisão de estudos publicada na revista da National Center for Biotechnology Information (NCBI), concluiu-se que um aumento no ácido alfa-linolênico, um dos ácidos graxos do óleo de cânhamo, parece reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Essa substância, que os médicos chamam de ácido linolênico, também está presente em óleos de peixe e de linhaça.

Atua como relaxante muscular

O óleo de cânhamo de amplo espectro pode auxiliar a combater o estresse e a tensão muscular.

Como os ácidos graxos, o CBD tem um efeito anti-inflamatório no corpo, ajudando a aliviar a tensão muscular e promovendo a recuperação pós-exercício.

Como vimos no caso da paciente que se recuperou de fibromialgia, passar óleo (ou pomada) de semente de cânhamo ou óleo de cânhamo de amplo espectro nos músculos tensos auxilia o relaxamento.

Quais doenças podem ser tratadas com óleo de cânhamo?

hemp oil quais doencas podem ser tratadas

Embora o hemp oil seja mais conhecido por seu uso cosmético, ele também é bastante eficaz como recurso terapêutico em diversos tratamentos.

Veja algumas das suas possíveis aplicações nos tópicos abaixo.

Epilepsia

Já se sabe que a exposição ao óleo essencial de Cannabis ajuda a controlar as convulsões causadas por crises epilépticas.

Resultados de estudos clínicos mostraram que, depois de tomar óleo de CBD, o número de convulsões diminui significativamente até em paciente infantis.

Alzheimer

O óleo de Cannabis também pode desacelerar o progresso da doença de Alzheimer.

Isso porque o CBD retarda a formação de placas amiloides, impedindo a ação da enzima que as cria no cérebro.

Esclerose múltipla

O uso de óleo CBD também ajuda a aliviar os sintomas do desconforto causado pela esclerose múltipla.

A substância se une aos receptores nervosos e musculares, reduzindo a dor.

Há estudos que mostram, inclusive, que o CBD auxilia a controlar as cãibras musculares.

Doença inflamatória intestinal

Pesquisas também mostram que o óleo CBD pode ajudar quem sofre de condições inflamatórias intestinais, como a doença de Crohn e a colite ulcerosa.

Glaucoma

Em relação à saúde ocular, o uso de Cannabis está associado à inibição da degeneração macular e à redução da incidência de glaucoma.

Já foi comprovado que o canabidiol é um inibidor potente da pressão ocular, o que o torna útil para prevenir doenças neurodegenerativas.

Ansiedade

Uma das maneiras mais comuns de se usar o óleo CBD é para aliviar a ansiedade.

Os compostos naturais contidos no produto são úteis para liberar o hormônio do prazer, diminuir o estresse e gerar uma sensação de calma e relaxamento.

Por isso, ele também é usado no tratamento da depressão.

Vale, ainda, destacar um trecho do artigo Canabidiol, um componente da Cannabis sativa, como um ansiolítico, publicado na Revista Brasileira de Psiquiatria.

Nele, pesquisadores revisaram a literatura científica e concluíram que:

“Os resultados de estudos em animais de laboratório, voluntários saudáveis e pacientes com transtornos de ansiedade sustentam a proposta do CBD como uma nova droga com propriedades ansiolíticas. Como o CBD não tem efeitos psicoativos e não afeta a cognição, possui um perfil de segurança adequado, boa tolerabilidade, resultados positivos em testes com seres humanos e um amplo espectro de ações farmacológicas. Esse composto canabinoide parece estar mais próximo de ter suas descobertas preliminares na ansiedade traduzidas para a prática clínica”.

Como o hemp oil pode ser usado?

Os extratos de óleo de cânhamo podem ser consumidos por via oral, aplicados topicamente ou sublingualmente (sob a língua).

A administração sublingual agiliza o início da ação do CBD, enquanto as cápsulas são indicadas para quem quer um uso mais controlado.

O óleo de cânhamo tópico pode ser aplicado diretamente na pele, nas áreas acometidas por dores ou processos inflamatórios.

Por ser também um produto cosmético, o hemp oil é utilizado como creme para o rosto e para melhorar o aspecto da pele em geral.

Existe, ainda, a possibilidade de se usar óleo de cânhamo em tratamentos veterinários, minimizando os sintomas da artrite em cães.

Como saber qual é a dosagem correta para ingerir?

A quantidade de CBD que você deve tomar depende de uma série de fatores, tais como:

  • Peso corporal
  • Doença ou condição tratada
  • Concentração de CBD em cada comprimido, cápsula, gota ou goma.

Em outras palavras, há diversas variáveis ​​que influenciam a decisão da dosagem de CBD a tomar.  Assim sendo, converse com seu médico sobre o assunto e quaisquer riscos potenciais, seguindo à risca as recomendações. Se você estiver tomando medicamentos como o Epidiolex, usado para tratar convulsões, a dosagem terá efeito direto em sua eficácia, portanto, nada de se automedicar. 

Geralmente médicos recomendam que se comece com uma dosagem menor, aumentando-a gradualmente. Por exemplo: em alguns casos, o tratamento começa com 20mg a 40mg por dia.

Após uma semana, essa quantidade é aumentada em 5mg. Também há situações em que se começa com doses de 40mg, como em tratamentos contra dores fortes.Nesse caso, pode ser que o médico prescreva 40mg nos dias em que o paciente sentir muita dor.

Depois de uma semana, a dose pode aumentar para 45mg, e posteriormente passar a 50mg.

Contraindicações do hemp oil

Em geral, o uso de hemp oil, assim como de outros medicamentos à base de CBD, é contraindicado para gestantes e lactantes.

O mesmo vale para pessoas que demonstrem sensibilidade aos seus compostos ativos, ou seja, o CBD ou o THC.

Óleo de cânhamo: riscos e efeitos colaterais

Embora o CBD seja geralmente bem tolerado e considerado seguro, também pode causar reações adversas.

Efeitos colaterais observados em estudos incluem:

  • Diarreia
  • Alterações no apetite e peso
  • Fadiga.

O CBD também é conhecido por interagir com vários medicamentos.

Logo, antes de começar a usar o óleo, converse com seu médico para garantir sua segurança e evitar interações potencialmente prejudiciais.

Um estudo realizado em ratos mostrou que os extratos de Cannabis ricos em CBD têm o potencial de causar toxicidade hepática.

No entanto, cabe observar que alguns dos ratos da pesquisa foram alimentados com doses da substância acima do recomendado.

Como escolher o melhor hemp oil para comprar?

hemp oil como escolher para comprar

Existe uma ampla gama de hemp oils. Desde que prescrito pelo médico, eles ajudam no controle de sintomas de muitas doenças, além de ser potentes cosméticos, como visto.

Por isso, para escolher bem, é indispensável ouvir primeiro a sugestão de um especialista.  Só um médico está autorizado a prescrever tratamentos com fármacos à base de CBD. 

Fora isso, a maioria dos óleos de cânhamo só pode ser comprada via importação e, para tanto, a Anvisa exige receita médica. Grande parte desses produtos vêm dos Estados Unidos.

Então, se você ainda não sabe onde procurar, sugerimos que faça uma pesquisa no Google pelos seguintes itens:

  • CBD Oil Provacan 10 ml 600mg
  • CBD Oil Provacan 10 ml 1200mg
  • CBD Oil Provacan 10 ml 2400mg
  • Provacan (disponível para importação para o Brasil)
  • MCG Pharma (disponível para importação para o Brasil)
  • Sisters of the Valley CBD
  • Cannabis Four Corners
  • Mana Artisan Botanicals Hemp Oil
  • CBD Lazarus Naturals
  • Hemp Oil Flora Sophia Botanicals
  • Hemp Oil Charlotte
  • Receptra Naturals Hemp Oil
  • Veritas Farms Full Spectrum CBD
  • Eureka Effects Full Spectrum CBD
  • Zion Full Spectrum CBD.

Hemp oil é vendido no Brasil? Saiba como comprar!

Se você tem a prescrição médica e o produto indicado está à venda no mercado brasileiro, basta ir até o estabelecimento com a receita em mãos e adquiri-lo – a farmácia vai reter uma via do documento.

Acontece que a oferta de artigos à base de CBD ainda é limitada por aqui, portanto, a importação é uma alternativa a ser considerada.

Nesse caso, basta seguir os passos descritos abaixo.

Além disso, para atender a todas as regras exigidas no processo de compra, recomendamos a leitura das seguintes regulamentações da Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária:

Consulta médica

A pessoa discute o tratamento com seu médico, que prescreve o produto à base de Cannabis medicinal.

Solicitação à Anvisa

O paciente preenche o formulário, o submete à avaliação da Anvisa junto com a receita, cópia da identidade e comprovante de residência e aguarda a análise.

Autorização da Anvisa

Caso aprove o pedido, a agência emite a autorização para importação.

O processo, que levava cerca de 50 dias, hoje é bem rápido e pode ser resolvido em menos de 10 dias.

Compra e entrega

De posse da autorização, o paciente compra o produto do exterior, de acordo com os critérios estabelecidos pela Anvisa.

Conclusão

O óleo de cânhamo, assim como os demais medicamentos produzidos que contêm CBD ou THC como composto ativo, apresenta uma grande versatilidade de uso.

Esse amplo espectro de atuação também se deve à plasticidade do sistema endocanabinoide, que pode interagir de incontáveis maneiras com as células do corpo.

Fique sempre bem informado acerca dos avanços da ciência, das leis e do mercado sobre a Cannabis medicinal lendo os conteúdos publicados aqui no portal Cannabis & Saúde.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email