Canabidiol para insônia: CBD ajuda pessoas com problemas para dormir

canabidiol para insonia canabidiol para ansiedade

Você sabia que o canabidiol para insônia é um dos medicamentos à base de Cannabis mais utilizados no mundo?  O ativo canábico traz excelentes resultados com relação ao relaxamento e redução da ansiedade, sem haver prejuízo à produtividade do indivíduo ao longo do dia.

Muitos de nós sofremos com problemas para dormir – e a insônia é um dos principais motivos que levam a isso.

A insônia é o distúrbio do sono mais comum. Entre os seus incômodos, está a dificuldade para adormecer, manter o sono ou até mesmo acordar mais cedo do que o normal (ou que o desejável).

Em consequência disso, muitas pessoas que passam pelo problema da insônia têm problemas não só enquanto estão deitados em suas camas, mas também no trabalho, que fica prejudicado por um nível baixo de energia para a realização de suas tarefas.

Muitas pessoas que sofrem com a insônia também apresentam problemas com relação ao seu humor, o que impacta de forma direta em seu dia-a-dia.

Afinal, quem é que nunca encontrou um colega de trabalho ou até mesmo um familiar que dormiu mal e tinha atitudes mais agressivas (ou pelo menos não tão educadas quanto o normal)?

Ou seja: conviver com a insônia pode trazer prejuízos à qualidade de vida tanto do paciente quanto de quem está ao redor dele.

Nesse sentido, é normal que o estresse traga mais problemas a médio e longo prazo, não só em suas relações, mas também em sua saúde.

Por isso, vários medicamentos já foram desenvolvidos no sentido de ajudar as pessoas a dormir melhor. Porém, cada vez mais o uso do canabidiol para insônia tem sido indicado, tanto por sua eficácia, quanto pelo baixo nível de efeitos colaterais.

Se você quer saber melhor sobre a insônia, suas causas e como você pode utilizar o canabidiol para tratá-la, continue lendo!

O que é a insônia?

canabidiol para insonia quantas gotas de canabidiol para dormir
Canabidiol para insônia: o que é a insônia?

A insônia é o principal tipo de distúrbio do sono. Embora não seja um transtorno muito grave, ao ponto de levar a internações, por exemplo, a insônia traz muitos prejuízos à qualidade de vida de quem a tem.

Seu principal sintoma está ligado à dificuldade que uma pessoa tem para se colocar para dormir (e permanecer nesse estado). Na maioria dos casos, a pessoa permanece em um estado de vigília, mesmo sentindo cansaço e necessidade de dormir.

Além disso, há a possibilidade da pessoa conseguir dormir, mas ainda assim seguir com o nível de cansaço além do normal no dia seguinte. Isso acontece quando a pessoa não consegue entrar nas fases do sono mais profundo.

Em todas essas situações, além do prejuízo sério à qualidade do sono, há também uma diminuição dos níveis de energia do paciente. O humor também pode ficar prejudicado e evoluir para quadros psicológicos mais graves tais como depressão.

Os tratamentos costumam incluir o uso de pílulas para dormir, entre outros remédios. Os efeitos colaterais desse tipo de medicamento podem ser complexos e, por isso, precisam ser monitorados tanto pelo paciente quanto pelos seus médicos.

Tipos de insônia

São três os tipos de insônia, e eles estão ligados com a duração ou a persistência dos sintomas no paciente.

Intermitente ou transiente

A insônia intermitente ou transiente é aquela que faz parte da vida do paciente, mas não acontece de forma persistente (ou ao menos não na maior parte dos dias). Ela ocorre de tempos em tempos e não costuma durar mais do que alguns dias.

Na maior parte dos casos de insônia intermitente, não há a necessidade de tratamento médico ou uso de remédios.

As causas mais comuns são questões psicológicas pontuais, mudanças temporárias no horário de sono/vigília (como em viagens) e mudanças repentinas de rotina.

Embora possa haver algum benefício na utilização de remédios para dormir, pacientes com insônia intermitente devem evitar sua utilização.

Isso acontece devido à grande quantidade de eventos adversos, bem como possibilidade de criação de dependência com a medicação, em casos de uso contínuo.

Crônica

Por outro lado, diferentemente da insônia transiente, a insônia crônica diz respeito a um problema de longo prazo, que pode durar por anos ou por toda a vida do paciente.

Aproximadamente 1 a cada 10 pessoas sofrem de insônia crônica e, neste caso, deve ser procurada ajuda médica.

Um dos grandes problemas enfrentados por essas pessoas é não conseguir dormir durante o prazo recomendável de 7 a 8 horas. Além disso, muitos pacientes acabam dormindo num dia e não conseguindo dormir no dia seguinte.

Isso afeta a vida e o humor de forma considerável, levando a sérios prejuízos. Por isso, o auxílio médico e o uso de remédios para dormir se faz necessário.

Além disso, algumas terapias e uso de remédios naturais podem trazer uma melhora na qualidade do sono do paciente, bem como aumento nas horas dormidas.

A insônia crônica pode ter como principais causas os seguintes itens:

  • Distúrbios do ritmo circadiano
  • Mudanças extremas no padrão de sono
  • Distúrbios do sono
  • Ansiedade severa

O que causa a insônia?

canabidiol para insonia cbd para dormir comprar
Canabidiol para insônia: o que causa a insônia?

Algumas causas da insônia são bastante conhecidas e incluem:

  • Problemas psicológicos: questões psicológicas e comportamentais como o estresse persistente, a ansiedade e a depressão trazem sérios problemas para dormir.

O tratamento de insônia para esses pacientes não deve ser feito de maneira isolada das causas.

  • Excesso de barulhos e ruídos no quarto ou na vizinhança: embora existam pessoas que conseguem dormir feito uma pedra mesmo com barulho, a maioria das pessoas sentem incômodo com estímulos auditivos.

Se essa é a causa dos seus problemas para dormir, é recomendável o uso de tampões de ouvido ou melhorar o isolamento acústico da sua residência.

  • Temperatura inadequada para o sono: nem sempre nossas casas estão realmente adaptadas para uma boa noite de sono.

Casas sem o devido isolamento térmico e sem aquecedores ou ar-condicionado podem trazer desconforto ao morador que, por consequência, passará a ter que lidar com a insônia.

  • Camas e travesseiros desconfortáveis: apesar de parecer um fator óbvio para os problemas e distúrbios do sono, muitos insones não os levam a sério.

Verifique se a sua cama e os objetos que você usa para dormir estão adequados e confortáveis para uma boa noite de sono.

  • álcool, cafeína ou nicotina: O uso de álcool pode trazer sérios prejuízos ao sono, sobretudo por agir diretamente no sistema nervoso.

O mesmo pode ser dito da cafeína (encontrada no café, refrigerantes de cola e no chá preto) e da nicotina (existente principalmente em cigarros de tabaco).

  • Trabalho por turnos: Há quem goste de trabalhar por turnos. Porém, a verdade é que essa é uma péssima experiência para quem já tem predisposição a ser insone.

Por estar sofrendo alteração na rotina de sono de forma frequente, o organismo acaba não sabendo exatamente qual é a hora de dormir e ficar acordado. Com o tempo, o corpo se acostuma a essa situação e pode impedi-lo de dormir, mesmo quando isso se faz extremamente necessário.

  • Viagens, mudanças de fuso horário e jetlag: Quando viajamos, normalmente não estamos em nosso “habitat” natural.

Isso faz com que nossa alimentação não seja tão boa quanto deveria, o sono idem e outras questões também se tornem “não naturais”.

Prejuízos que a insônia traz à saúde física e mental

Todo mundo sabe que o sono (ou a falta dele) pode afetar a forma com que nosso corpo reage aos impulsos do dia-a-dia.

Além disso, o sono também pode afetar nosso humor, fazendo com que as coisas estejam melhores ou piores de acordo com a qualidade da nossa noite de sono.

Nesse sentido, não dormir direito (ou fora das quantidades recomendadas) pode trazer danos à saúde física e mental a médio e longo prazo.

A curto prazo, o normal é que a privação do sono traga irritações e estresses, que ainda que sejam temporários, podem trazer questões problemáticas no trabalho e nas relações.

Já a médio e longo prazo, a falta de sono pode levar a funcionamentos incorretos do corpo, ligando uma simples insônia a sintomas de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 ou à depressão.

Além da depressão, outras síndromes e condições psicológicas ou psiquiátricas podem atingir pessoas que sofrem com a insônia. Entre elas, destaca-se a ansiedade, o transtorno bipolar, a depressão e até mesmo a síndrome de Burnout.

Nesse sentido, diversos estudos e pesquisas têm sido feitas nos últimos anos e vem demonstrando o que já era esperado. A insônia traz graves complicações não só à vida cotidiana de um indivíduo, mas também à sua saúde física e mental.

Por isso, se a insônia aparece de maneira persistente, é importante conversar com seu médico se estiver tendo problemas para adormecer ou permanecer dormindo.

Outros distúrbios do sono

canabidiol para insonia canabidiol para insonia
Canabidiol para insônia: outros distúrbios do sono.

Alguns outros distúrbios do sono podem atrapalhar a sua qualidade de vida. Confira abaixo quais são os principais, além da insônia:

Apneia do sono

A apneia do sono é um dos distúrbios do sono que podem se apresentar da forma mais grave. Nesse caso, há uma parada rápida da respiração enquanto se está a dormir.

Muitas pessoas que têm apneia do sono não sabem que têm essa condição. Por isso, é importante contar com outras pessoas para entender se você apresenta sintomas como roncos altos e paradas abruptas de respiração.

Além disso, um nível alto de cansaço mesmo após uma noite de sono pode ser um forte indício de que você tem apneia do sono.

Para diagnosticá-la, há ainda alguns exames e testes que podem ser feitos com auxílio médico.

Os principais tipos de apneia do sono são:

  • Apneia obstrutiva do sono: esta é a forma mais comum e ocorre quando os músculos da garganta relaxam demais, fazendo com que o ar não seja transferido para outras partes do sistema respiratório;
  • Apneia central do sono: ocorre quando o cérebro não envia sinais adequados para os músculos que controlam a respiração;

Síndrome da apneia do sono complexa: ocorre quando alguém tem apneia do sono obstrutiva e apneia do sono central

Se você acha que pode ter apneia do sono, consulte o seu médico. O tratamento pode aliviar seus sintomas e pode ajudar a prevenir problemas mais sérios.

Os sinais e sintomas mais comuns de apneia do sono incluem:

  • Ronco alto
  • Episódios em que você para de respirar durante o sono – que seriam relatados por outra pessoa
  • Falta de ar durante o sono
  • Despertar com a boca seca
  • Dor de cabeça matinal
  • Dificuldade em permanecer dormindo (insônia)
  • Sonolência diurna excessiva (hipersonia)
  • Dificuldade em prestar atenção enquanto está acordado
  • Irritabilidade

Paralisia do sono

A paralisia do sono é uma condição identificada por uma breve perda do controle muscular, conhecida como atonia. Ela normalmente acontece logo após o início do sono ou logo antes de despertar.

A paralisia do sono é classificada como um tipo de parassonia, que são comportamentos anormais durante o sono. Nesse caso, há ainda a possibilidade de haver alucinações que se confundem com os sonhos normais que a pessoa pode ter.

Um estágio de sono REM costuma envolver sonhos vívidos, bem como atonia, o que ajuda a evitar a representação dos sonhos. No entanto, em circunstâncias normais, a atonia termina ao acordar, de modo que a pessoa nunca se torna consciente dessa incapacidade de se mover.

Como resultado, os pesquisadores acreditam que a paralisia do sono envolve um estado misto de consciência que combina tanto a vigília quanto o sono REM. Por isso, a atonia e as imagens mentais do sono REM parecem persistir mesmo em um estado de consciência e vigília.

Cannabis no tratamento de distúrbios do sono

canabidiol para insonia canabidiol rivotril
Canabidiol para insônia: Cannabis no tratamento de distúrbios do sono.

O que é canabidiol (CBD)?

O canabidiol, também conhecido pelo nome CBD, é um dos principais ativos encontrados nas plantas do gênero Cannabis.

Este é um canabinoide, ou seja, um tipo de composto que interage diretamente com o sistema endocanabinoide do corpo humano. Por meio desse sistema e seus receptores, diversas funções do corpo humano são possíveis de serem executadas.

Um exemplo disso são os receptores CB2, que são encontrados no sistema imunológico e suas estruturas. Já o CB1 é encontrado principalmente no sistema nervoso, tecido conjuntivo, glândulas e órgãos.

Canabidiol para insônia

Há diversas pesquisas em andamento ou já concluídas que apontam indícios que o canabidiol pode ser usado para o tratamento da insônia.

Muitos dos efeitos avaliados em estudos acontecem de maneira cruzada, quando a melhora na qualidade do sono não necessariamente estava entre os objetivos das pesquisas, mas são apontadas pelos pesquisadores como efeitos benéficos do uso do canabidiol.

Nesse sentido, muitos estudos que avaliam a melhora dos quadros de doenças como Parkinson, Ansiedade, Depressão, entre outras, têm trazido consigo fortes demonstrações sobre o benefício do uso do canabidiol para a insônia.

Abaixo, há alguns tópicos que descrevem melhor sobre esses estudos:

Estudos com Cannabis

Embora a maior parte das pesquisas sobre a relação entre o CBD e a insônia sejam de fases iniciais, ou seja feita com grupos menores de pessoas, há fortes indícios que o CBD é capaz de tratar a insônia e melhorar a qualidade do sono.

Um exemplo é um estudo publicado em 2019 no The Permanent Journal e disponível no Pubmed, uma importante publicação e base de dados para as principais instituições de saúde dos Estados Unidos.

Neste estudo, 72 pessoas tiveram seus sintomas avaliados. Em 47 deles, a avaliação ocorreu a respeito de seus quadros de ansiedade, enquanto em outras 25, havia queixas de insônia persistente.

No primeiro mês de tratamento utilizando canabidiol para insônia e ansiedade, aproximadamente dois terços dos pacientes tiveram melhoria em seu nível de qualidade do sono.

Além disso, entre os indivíduos com ansiedade, houve uma melhora ainda mais significativa, com 80% destes sentindo melhora após o início do tratamento.

Em todos esses pacientes, foi administrada a mesma quantidade do canabidiol para insônia – aproximadamente 25 miligramas todos os dias, no formato de cápsula.

Outra pesquisa de 2014, também publicada no Journal of Clinical Pharmacy and Therapeutics, objetivava realizar o estudo de pacientes com a doença de Parkinson e trouxe como consequência a descoberta da associação entre a melhora nos sintomas da insônia com o uso do canabidiol.

Isso ocorreu diminuindo a atonia muscular durante o estágio de sono REM, diminuindo inclusive o aparecimento de pesadelos e outras atividades indesejadas ao longo do sono desses pacientes.

Como conclusão, o estudo de caso indica que o CBD é capaz de controlar os sintomas de distúrbios do sono.

Estudo com um grupo de pacientes na Austrália trouxe resultados animadores sobre o uso de Canabidiol para insônia

Um grupo de pesquisa australiano realizou um estudo para conseguir avaliar o uso de substâncias da Cannabis para pacientes que sofriam com transtorno de insônia crônica.

De acordo com os autores, a literatura demonstra melhoras na qualidade do sono com a administração de delta-9-tetrahidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD) isoladamente ou em combinação.

No entanto, quando tomado em combinação, o CBD é conhecido por atenuar os potenciais efeitos psicotrópicos do THC, embora altas doses de CBD tenham demonstrado provocar estado de alerta.

Maior sonolência foi relatada com uma maior adição de canabinol (CBN) e THC do que apenas com THC.

Efeitos positivos

canabidiol para insonia canabidiol preco
Canabidiol para insônia: efeitos positivos.

Já para o sono, a mudança foi grande. Em média, os participantes, que relatavam dormir entre duas e três horas por noite, passaram a acumular sete horas de sono durante o tratamento.

É mais que a média da população que não sofre com insônia, e um nível acima do mínimo recomendado para a manutenção de uma boa qualidade de vida.

“Este estudo demonstrou que o ZTL-101 (nome dado à formulação), uma nova terapia canabinoide, é bem tolerado e melhora os sintomas de insônia e a qualidade do sono em indivíduos com sintomas de insônia crônica”, concluíram.

“Essas melhorias, observadas ao longo de um período de dosagem de duas semanas, são encorajadoras e apoiam ainda mais investigação do ZTL-101 para o tratamento da insônia em estudos com amostras maiores.”

Efeitos positivos do uso do canabidiol para insônia

Já para o sono, a mudança foi grande. Em média, os participantes, que relatavam dormir entre duas e três horas por noite, passaram a acumular sete horas de sono durante o tratamento.

É mais que a média da população que não sofre com insônia, e um nível acima do mínimo recomendado para a manutenção de uma boa qualidade de vida.

“Este estudo demonstrou que o ZTL-101 (nome dado à formulação), uma nova terapia canabinoide, é bem tolerado e melhora os sintomas de insônia e a qualidade do sono em indivíduos com sintomas de insônia crônica”, concluíram.

“Essas melhorias, observadas ao longo de um período de dosagem de duas semanas, são encorajadoras e apoiam ainda mais investigação do ZTL-101 para o tratamento da insônia em estudos com amostras maiores.”

Baixos efeitos colaterais do canabidiol para insônia

O canabidiol em si apresenta poucos efeitos colaterais no tratamento para a insônia. Entretanto, alguns itens devem ser levados em consideração tanto pelo seu médico quanto pelo paciente.

Enquanto o CBD traz muitos benefícios com relação ao sono, inclusive com o aumento do estágio de sono profundo (REM), o THC, que também é encontrado na Cannabis, pode apresentar exatamente o efeito inverso (entrar em estado de atenção).

Sendo assim, é importante que o médico tenha atenção na hora de receitar os medicamentos à base de CBD para o paciente. Deve-se ter atenção, por exemplo, na proporção entre canabidiol e THC na fórmula.

Alguns outros efeitos colaterais podem ser sentidos, porém são muito baixos comparados ao de outros medicamentos para insônia ou aos malefícios trazidos por noites com baixa qualidade do sono.

Canabidiol no combate a outros distúrbios do sono

Além da experiência prática e dos casos reais de pessoas que conseguiram melhorar de distúrbios do sono com CBD, há também pesquisas que apontam para essa propriedade.

Elas dão pistas de que, no futuro, o canabidiol pode ser um aliado para ajudar quem tem problemas para dormir ou apresenta transtornos relacionados.

É o que sugere o estudo “Cannabinoid therapies in the management of sleep disorders: A systematic review of preclinical and clinical studies”.

De acordo com o grupo de pesquisadores que conduziu os testes, a conclusão foi a de que:

“(…) existem sinais promissores em uma série de aplicações terapêuticas que justificam estudos adicionais e há uma clara necessidade de intensificação da pesquisa de alta qualidade sobre a segurança e eficácia das terapias com canabinoides para o tratamento de distúrbios do sono.”

Como buscar tratamento com medicamento à base de CBD para insônia?

canabidiol para insonia canabidiol e canabidiol
Como buscar tratamento com medicamento à base de canabidiol para insônia?

Se você tem interesse em realizar o tratamento do glaucoma usando medicamentos à base da Cannabis, você deve procurar médicos que tenham experiência no tratamento canabinoide.

De acordo com a Regulamentação da Anvisa (RDC 660), apenas um profissional de saúde habilitado pode fazer a prescrição dos medicamentos à base de cannabis.

Entretanto, menos de 0,4% dos médicos brasileiros tem experiência com a terapia canabinoide, o que faz com que nem sempre seja fácil encontrar algum profissional que possa te ajudar com esse tipo de tratamento.

Por isso, nós do Portal Cannabis e Saúde criamos uma plataforma de conexão entre médicos e pacientes, onde você pode encontrar médicos confiáveis de diversas especialidades que realizam esse tipo de prescrição.

A prescrição depende do parecer médico, que avaliará se a Cannabis ou os canabinoides devem ser utilizados em cada caso ou não.

De todo modo, a consulta com estes médicos permite à você entender melhor sobre o tratamento e as formas que esses medicamentos são administrados.

Se você quer se consultar presencialmente ou via telemedicina com algum dos médicos da nossa base de dados, clique aqui e escolha o que melhor se adequa à sua necessidade!

Conclusão

canabidiol para insonia canabidiol comprar
Canabidiol para insônia.

Conforme pôde ser visto ao longo do artigo, o canabidiol é uma ótima opção para o tratamento de insônia em pessoas que enfrentam esse problema há anos e não conseguem (ou não gostariam) de seguir convivendo com os efeitos colaterais comuns aos medicamentos tradicionais para esse distúrbio do sono.

Para que o tratamento seja possível, é necessário buscar médicos que tenham experiência com o estudo e utilização da cannabis para o tratamento de insônia.

Nesse sentido, conte com a Cannabis e Saúde para obter informações e realizar o agendamento com seu médico prescritor de cannabis.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email