“Cannabis Sports Experience”: 1º evento do mundo focado no uso da Cannabis Medicinal no Esporte

Denise - Fotos Matérias Portal Cannabis & Saúde (10)

O Atleta Cannabis lança o 1º evento mundial direcionado ao uso da Cannabis medicinal no Esporte: o “Cannabis Sports Experience”. “Será uma experiência inédita no mundo com pessoas classe A no esporte do Brasil. Além do local ser maravilhoso com trilhas, pistas e lagos para prática do esporte, as pessoas poderão entender e tirar o maior proveito do tratamento de Cannabis medicinal no esporte”, destacou Peu Guimarães, triatleta e cofundador do Atleta Cannabis com quem conversamos sobre a iniciativa. 

O “Cannabis Sports Experience” é uma parceria entre o Núcleo Aventura e Alexandre Ribeiro, hexacampeão do UltraMan. Junto a alguns dos melhores treinadores e atletas do Brasil, a iniciativa acontece em Terras Altas de São Gotardo, Minas Gerais, e será uma imersão sobre como modular a Cannabis medicinal na rotina de treinos dos atletas participantes. 

-Peu, qual é o principal objetivo do “Cannabis Sports Experience”?

O principal objetivo deste evento é estar cada vez mais próximo da nossa comunidade, das pessoas que vem buscando a Cannabis medicinal  para uma melhor qualidade de vida. Poder viver com eles in loco e mostrar o que viemos criando. Justamente focar na questão do uso da Cannabis medicinal para a qualidade de vida.

Tem muitas pessoas que nos seguem e acompanham o que realizamos e fazem perguntas, mas ainda há uma certa distância. Mesmo que a pessoa faça a mesma consulta com o nosso médico. Sabemos que a jornada da Cannabis é muito individual: cada pessoa tem um tipo de reação com cada tipo de óleo, toma quantidades diferentes, sentem reações diferentes.

A ideia do evento é se reunir com profissionais da área: médicos prescritores de Cannabis, preparador físico, atletas amadores e atletas profissionais. É poder abrir para quem tiver interesse de viver com a gente a nossa rotina de prática esportiva e de melhora de vida usando a Cannabis medicinal. Estando juntos podemos guiar as pessoas de uma maneira melhor. Estando juntos conseguimos guiar e explicar como usar a Cannabis medicinal na busca de uma qualidade de vida também através do esporte.

O evento é aberto ao público para quem é paciente de Cannabis medicinal, se ainda não é paciente de Cannabis o médico realizará a consulta antes, vamos tirar a autorização da Anvisa corretamente para os participantes terem o óleo e poderem viver a experiência na nossa imersão.    

 

-Na programação tem um módulo logo no início da Experience que se chama “Uso da Cannabis no Esporte”. Quais pontos serão abordados neste Simpósio?

Primeira explicação será sobre como a nosso corpo trabalha com o sistema endocanabinoide e logo explicar com conhecimento científico sobre o que a Cannabis faz no nosso corpo, a reação e o efeito físico, químico e psicológico que cada fitocanabinoide tem no nosso corpo e como as pessoas devem encarar os benefícios. Benefícios diretos e indiretos.

Nesta primeira introdução da Cannabis medicinal vamos explicar como vamos modulando, com nossa planilha e fazendo análise de treino de endurance (longa duração) e os efeitos dos fitocanabinoides no corpo, a partir dos que vivemos. Também como usamos a Cannabis medicinal para o recovery, que é o pós-treino e quais são os cuidados que as pessoas devem ter.

Por exemplo com o THC, que além de ser psicoativo, pode dar ou não mais sensibilidade a cada pessoa e a questão da tolerância. De como modular o uso do THC para atingir a melhor performance. 

Inscritos no evento deverão passar por consulta médica on-line entre os dias 3 e 7 de abril. Os atendimentos serão realizados pelo Dr. Renan Camargo, médico dos atletas do Atleta Cannabis e especialista em Cannabis Medicinal.

-Isso porque o uso da Cannabis medicinal no esporte pode mudar conforme a necessidade do atleta?

Totalmente sim. Primeiro que muda de pessoa para pessoa. Depois quando vamos para o esporte temos diferentes modalidades: o foco do evento é corrida, bicicleta e natação. Que são esportes que conseguimos criar conteúdos muito semelhantes. Temos sprint e endurance. A coisa começa a mudar quando vamos para outros tipos de modalidade completamente diferentes. Correr maratona para andar de skate, por exemplo. Os dois são esportes de alto rendimento que exigem coisas diferentes do corpo.

Um é aquele exercício repetitivo de longa duração, o outro exige reflexos rápidos e manobras rápidas. Então na hora que você junta que cada modalidade exige de seu corpo de uma maneira diferente e que cada pessoa reage diferente a Cannabis. É muito mais uma troca para que cada pessoa consiga ter uma orientação de como perceber a Cannabis no seu corpo e na sua prática esportiva. Quando falamos de modular é muito mais um guia, para que a pessoa através da sua experiência e do conhecimento que já existe ela consiga junto ao medico criar o seu próprio protocolo.

-Na sua opinião quais são os principais benefícios do uso da Cannabis no esporte? E qual é o impacto positivo que você mais sente em suas performances?

O que eu gosto muito principalmente quando falo de esporte de longa duração, porque eu faço triathlon, que é um esporte de endurance.

Quando uso o óleo Full Spectrum, com uma concentração um pouco maior de THC e CBD, o que mais sinto na prática esportiva é foco e clareza mental. É você ficar presente, estar ali correndo e não se pensar em nada que não seja sua performance, você não pensa em boletos por exemplo. Você consegue acabar performando melhor e tem a questão do processo anti-inflamatório e relaxante que a Cannabis te promove.

Pois, quando você faz esporte de longa duração seu corpo vai fatigando. Quando você termina uma maratona seu pé está inchado e o tênis mal cabe no pé. Imagina que você tem uma coisa natural que conecta com o sistema teu canabinoide e promove um sistema anti-inflamatório.

Então isso é o que eu sinto: é que a Cannabis retarda o meu processo de cansaço muscular na performance.

Sobre os benefícios indiretos: sou atleta há muitos anos e sou todo remendado, vivia com dor crônica e não dormia bem. Hoje minha performance evoluiu absurdamente pois não tenho mais dor. A Cannabis me ajuda diretamente e indiretamente, não existem estudos científicos que falam nisso, mas os benefícios diretos que são benefícios comprovados cientificamente como a modulação do sono, a questão da ansiedade e das dores crônicas tem me ajudado muito.

Meu recado para os atletas e curiosos no assunto é que será uma experiência inédita no mundo. Vamos estar em um local maravilhoso para praticar esportes e conversar sobre Cannabis medicinal com pessoas com o gabarito de Alexandre Ribeiro, José Caputo e Shubi Guimarães.

 

Serviço: 

-O que: “Cannabis Sports Experience”.

-Duração: 2 dias e 2 noites de imersão.

-Quando: Dias 8, 9 e 10 de abril de 2022.

-Onde: Terras Altas de São Gotardo Itamonte, Minas Gerais.

-Foco: Aprender sobre o uso da Cannabis Medicinal no Esporte.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email