Destaques

Pesquisa nos EUA: Millenials são os que mais trocam remédios para dormir por Cannabis

Em pesquisa divulgada pela New Frontier Data, os Millenials, pessoas que nasceram entre 1981 e 1996, são a geração que mais trocou medicamentos para dormir por Cannabis. O estudo, batizado Millennials as Cannabis Consumers: Attitudes & Behaviors of America’s Largest Generation (Millenials como consumidores de Cannabis: atitudes e comportamentos da maior geração dos EUA, na tradução livre) comparou o perfil de consumo de Cannabis entre essa faixa etária e as gerações Baby boomers (nascidos entre 1946 e 1959), X (nascidos entre 1960 e 1980) e Z (nascidos entre 1997 e 2010).

Esse recorte é importante de ser estudado porque essa é a geração que cresceu em meio a evoluções tecnológicas que facilitaram o acesso à informação sobre os usos da Cannabis. Além disso, eram crianças ou adolescentes quando a primeira lei sobre Cannabis medicinal foi aprovada na Califórnia em 1996. Também é importante o fato de que essa geração está em uma fase produtiva da vida e sofre impactos na saúde mental, muitos trabalham em período integral e tiveram que se adaptar a uma nova rotina por conta da pandemia de Covid-19.

Cannabis substituindo outros medicamentos

De acordo com o estudo, cerca de 77% dos Millenials responderam que utilizam Cannabis para substituir outros medicamentos para dormir prescritos ou não. Assim também, cerca de 62% das pessoas dessa geração, que hoje tem entre 25 e 40 anos de idade, busca substituir remédios para outras causas que precisem ou não de receita médica.

As principais motivações para buscar produtos com Cannabis entre essa população foram relaxamento (17%), reduzir a ansiedade (16%) e alívio do estresse (15%), revelando uma preocupação com a manutenção da saúde mental. Um outro dado que se destaca nesse recorte populacional é o uso da Cannabis para melhorar o foco, que demonstra também uma preocupação com a produtividade relacionada ao trabalho ou outras funções. Cerca de 32% dessas pessoas busca os canabinoides para se concentrar melhor.

Mais acesso à informação sobre canabinoides

Como uma das gerações que mais tem acesso à informação de qualidade sobre o uso da Cannabis, não surpreende que essas pessoas são as mais exigentes quando estão buscando seus produtos. Esse é o grupo que mais reconhece os canabinoides minoritários na planta, principalmente os relacionados à melhora no sono canabinol (CBN) e o tetrahydrocannabiphorol (THCP). Da mesma forma, são os consumidores que mais se importam com a variedade canábica que estão adquirindo.

Munidas com mais informação sobre a medicina canabinoide, as pessoas da geração Millenial estão mais propensas a recomendar tratamentos com Cannabis para pessoas mais velhas e que sofrem com problemas de saúde.

Aqui no portal Cannabis & Saúde buscamos ajudar todas as gerações com muita informação sobre a medicina canabinoide e também recomendando profissionais que podem ajudar você ou alguém que você conhece. Na nossa plataforma de agendamentos você pode marcar uma consulta com médicos de diversas especialidades que podem orientar no início e acompanhamento de tratamentos com Cannabis.

Gregorio Ventura

Editor e jornalista especializado em Cannabis Medicinal

Postagens recentes

Estudo: pessoas com enxaqueca podem se beneficiar com a Cannabis

Na Universidade do Arizona, nos EUA, uma equipe de pesquisadores revisou os resultados de estudos…

23 horas agora

Crianças podem usar óleo com altos índices de THC?

É imprescindível ter segurança para utilizar um canabinoide como medicamento, ainda mais quando o tratamento…

23 horas agora

Neurocirurgião fala sobre suas primeiras experiências com a Cannabis

Apesar de ser neurocirurgião, o médico Gustavo Valadão atende a todas as patologias neurológicas e…

1 dia agora

Cannabis marcou seu espaço na BIO Convention

Tratando temas regulatórios, pesquisas na área e a possibilidade de produtos à base de Cannabis…

1 dia agora

Suíça simplifica acesso de pacientes à Cannabis

O governo federal da Suíça retirou a necessidade de uma autorização especial para quem quer…

2 dias agora

Neurologista apoia o uso da Cannabis no tratamento da COVID longa

Em LIVE do portal Cannabis & Saúde, a médica Marcela Agostinho explicou as causas dos…

2 dias agora