Rafael Meshulam manda mensagem para Elisaldo Carlini: “espero vê-lo novamente”

Israelense "Pai da Cannabis" abre hoje o Medical Cannabis Summit e falou sobre sua relação de quase 40 anos com o pesquisador brasileiro
Rafael Mechulam manda mensagem para Dr. Elisaldo Carlini: “espero vê-lo novamente”

O químico israelense Dr. Rafael Meshulam, conhecido como o “Pai da Cannabis” por ter identificado e isolado o canabidiol e o THC nos anos 60, entre outras descobertas, irá abrir o seminário online Medical Cannabis Summit, nesta segunda-feira (10), às 18h. Aos 89 anos, o professor segue em produção científica e conversou com por quase 1h conosco, o que foi uma grande honra!

Na sua fala inicial, o cientista contou sobre a história do uso medicinal da Cannabis e a trajetória dele e de seus colegas nas pesquisas pioneiras com a espécie, pela Universidade Hebraica de Jerusalém. Entre esses trabalhos, a pesquisa em parceria com o professor Dr. Elisaldo Carlini, da Unifesp, em 1981, sobre o uso do canabidiol no controle de convulsões.

Meshulam também explicou sua mais recente descoberta, um método que altera os ácidos canabidiólicos para mantê-los estáveis ​​o suficiente para uso farmacêutico em larga escala.

Depois, o cientista respondeu a algumas perguntas dos participantes sobre as aplicações terapêuticas da Cannabis, entre outros assuntos. A entrevista foi conduzida por Igor Lopes, do Transformação Digital. Participaram da mesa Marcelo Galvão, Jaime Ozi, Andrea Farias e Paulo Vitor Souza, representando a Cantera | OnixCann, e eu, Marcus Bruno, pelo portal Cannabis & Saúde.

Entre as minhas perguntas, informei o professor Meshulam que o Conselho Federal de Medicina do Brasil não reconhece a Cannabis como uma planta medicinal. Que o CFM prevê apenas o uso do canabidiol e somente para pacientes com epilepsia. Então questionei como mudar a mente dos médicos brasileiros. 

Imagem
Professor Rafael Meshulam durante painel de abertura do Medical Cannabis Summit

Recado ao Dr. Carlini

A resposta você poderá conferir às 18h, durante a abertura do Medical Cannabis Summit. Todos os inscritos receberão por e-mail o link para acompanhar o painel.

Porém, uma das falas de Meshulam o portal Cannabis & Saúde vai adiantar. E foi certamente o momento mais emocionante da conversa.

Ao final da entrevista, avisei o professor que o seu colega Elisaldo Carlini estava internado com complicações de saúde em São Paulo. E pedi para que Meshulam mandasse uma mensagem ao amigo e que nós iríamos entregar. E o cientista falou: 

“Eu ouvi que ele estava doente. Nós somos amigos próximos, mas não nos vemos por vários anos, o que é natural. Eu estou aqui em israel. Mande minhas saudações e meu lamento por ele estar doente e não poder participar do evento. Eu espero que ele melhore logo e a gente se veja novamente no futuro. Meus cumprimentos e amor”.

A mensagem foi entregue a uma das filhas do professor Carlini, Beatriz, e para a esposa Solange, que levou o recado para o professor no Hospital Albert Einstein, onde ele está internado. Assim como Meshulam, o portal Cannabis & Saúde deseja melhoras ao Dr. Carlini, que o principal cientista brasileiro sobre a maconha.

Nota da Reitoria da Unifesp sobre Prof. Elisaldo Carlini | Farmacia
Dr. Elisaldo Carlini, professor da Unifesp e pesquisador pioneiro sobre o uso terapêutico da Cannabis no Brasil
Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email