CBD ajuda a reduzir ou eliminar uso de opioides

Segundo estudo, 53% dos pacientes reduziram ou eliminaram o uso desses remédios, enquanto que 94% reportaram melhorias na qualidade de vida

Os opioides foram responsáveis por 69,5% das mortes por overdose nos Estados Unidos em 2018, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, o CDC. Entretanto, a solução para lidar com este problema já está disponível, de acordo com um estudo publicado este ano no Jornal Postgraduate Medicine.

De acordo com o trabalho, o canabidiol pode reduzir significantemente o uso de opioides e melhorar as dores crônicas e a qualidade de sono em pacientes usuários de opioides para dor.

A investigação foi conduzida pela pesquisadora Alex Capano, do Lambert Center for the Study of Medicinal Cannabis & Hemp da Filadélfia, EUA. A motivação foi o fato de que, apesar do risco que trazem, os opioides são os mais utilizados para aliviar dores severas, como em neuropatias e câncer. Além da letalidade desse tipo de drogas, há o problema do vício, porque o medicamento gera tolerância e possível dependência, o que muita vezes culmina nas mortes por overdose.

O problema de lidar com dores crônicas atinge até 30% da população adulta mundial. Mas menos de 70% dos casos são bem atendidos pelos medicamentos disponíveis hoje. É nesse cenário que os canabinoides são estudados com cada vez mais frequência e profundidade. Por milênios, a Cannabis foi usada como controle de dor e estresse.

Mas a ligação dos elementos da erva e do nosso sistema endocanabinoide e seus receptores, abre a oportunidade de aplicações cada vez mais variadas. Os componentes mais estudados são o canabidiol (CBD) e Tetrahidrocannabidiol (THC).

Leia também: As 10 pesquisas mais relevantes da história da Cannabis

No caso do estudo do Lambert Center, foram 97 pacientes adultos, em tratamento com opioides variados por pelo menos um ano. Dentre eles, 53% reduziu ou eliminou os opioides de seus tratamentos e 94% reportaram melhorias na qualidade de vida. O estudo avaliou os pacientes durante um período de 8 semanas, usando diversos indicadores. Foi constatada melhora significativa na qualidade de sono e intensidade e interferência de dor. Outros índices apresentaram avanço, embora menor, como no caso do questionário de saúde geral do paciente e o índice de dor debilitante.

Este não foi o primeiro estudo a demonstrar a superioridade do CBD em relação aos opioides. Em 2015, um artigo publicado no jornal Neurotherapeutics, mostrou uma redução do desejo, ansiedade e efeitos psicológicos durante a abstinência em dependentes de opioides. Outro, de 2020, da Johns Hopkins e usando o método de econômico comportamental, demonstrou que, quando há disponibilidade de Cannabis, é possível diminuir o consumo de opioides em pacientes com dor crônica.

Procurando por um médico prescritor de cannabis medicinal? Clique aqui temos grandes nomes da medicina canabinoide para indicar.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email