Uncategorized

Veteranos de guerra querem apoio para tratar estresse pós-traumático com Cannabis

Na Austrália, veteranos de guerra estão pedindo por apoio e mais financiamentos para o uso da Cannabis para tratamentos de estresse pós-traumático e de dor. Atualmente, o Departamento de Assuntos de Veteranos (DVA) aceita pedidos de uso de Cannabis, desde que aprovado por um especialista. Porém, ainda há médicos que indicam cancelar o tratamento com Cannabis devido à falta de pesquisas no espaço, prescrevendo opióides que os veteranos não querem tomar.

 

Além disso, o DVA não aprova a Cannabis para o tratamento de estresse pós-traumático ou problemas relacionados à saúde mental. Sendo assim, restam antidepressivos e pílulas para dormir como opções aos veteranos.

Mais apoio para tratamentos com Cannabis

Enquanto isso, surge no país um movimento para que o DVA garanta o apoio financeiro aos veteranos de guerra para que eles possam seguir com a Cannabis como tratamento. Relatos anônimos de veteranos sobre o fim do uso de antidepressivos e analgésicos se espalham nas redes pedindo apoio financeiro para que possam seguir com a Cannabis como principal forma de tratamento para dor e estresse.

Cannabis no tratamento do estresse pós-traumático

O canabidiol possui um grande potencial terapêutico para o tratamento de diversas doenças neurodegenerativas e psiquiátricas, como o mal de Parkinson, o Alzheimer, epilepsia e o estresse pós-traumático, conhecido como TEPT.

Primordialmente, o CBD atua no sistema nervoso central e é conhecido por causar sensação de calma e bem-estar, além de agir como balanceador da serotonina, hormônio responsável pela sensação de felicidade.

O alívio que o CBD proporciona

Este estudo de 2019 avaliou os benefícios clínicos do uso do CBD para pacientes com TEPT. No total de 10 pacientes (91% da amostra) experimentaram uma diminuição na gravidade dos sintomas de TEPT. Além disso, o CBD também pareceu oferecer alívio em um subconjunto de pacientes que relataram pesadelos frequentes como sintoma de seu TEPT.

Efetividade da Cannabis para tratar estresse pós-traumático

Confira aqui nesta matéria do Cannabis & Saúde uma pesquisa do Centro Médico da Universidade de Soroka, em Israel, que apresentou resultado promissor no uso de fitocanabinoides para tratamento de traumas e outros transtornos psicológicos. Comprovando assim, a efetividade da Cannabis no tratamento de estresse pós-traumático.

Transtorno do estresse pós-traumático (TEPT)

O transtorno do estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno da ansiedade, que manifesta diversos sintomas psíquicos, físicos e emocionais em decorrência de algum tipo de trauma. Dessa forma, sempre que o paciente recorda do trauma ou de algo que o remete ao trauma, ele revive a experiência, com os mesmos sentimentos e a mesma sensação da primeira vez. Este distúrbio acomete cerca de 9% da população no mundo e seus efeitos podem ser tanto temporários, quanto podem durar a vida inteira.

Agende uma consulta aqui com um médico especializado em Cannabis agora mesmo em nossa plataforma!

Denise Tamer

Editora e jornalista especializada em Cannabis Medicinal

Postagens recentes

Estudo: pessoas com enxaqueca podem se beneficiar com a Cannabis

Na Universidade do Arizona, nos EUA, uma equipe de pesquisadores revisou os resultados de estudos…

24 horas agora

Crianças podem usar óleo com altos índices de THC?

É imprescindível ter segurança para utilizar um canabinoide como medicamento, ainda mais quando o tratamento…

24 horas agora

Neurocirurgião fala sobre suas primeiras experiências com a Cannabis

Apesar de ser neurocirurgião, o médico Gustavo Valadão atende a todas as patologias neurológicas e…

1 dia agora

Cannabis marcou seu espaço na BIO Convention

Tratando temas regulatórios, pesquisas na área e a possibilidade de produtos à base de Cannabis…

1 dia agora

Suíça simplifica acesso de pacientes à Cannabis

O governo federal da Suíça retirou a necessidade de uma autorização especial para quem quer…

2 dias agora

Neurologista apoia o uso da Cannabis no tratamento da COVID longa

Em LIVE do portal Cannabis & Saúde, a médica Marcela Agostinho explicou as causas dos…

2 dias agora