Mineira disputa Mostra Internacional de Cinema de SP com filme sobre maconha no Uruguai

Documentário de Bruna Piantino, "Xeque-Mate" fala sobre a situação da Cannabis no país após a regulamentação
Xeque mate maconha uruguai

A mineira Bruna Piantino lançou, na última semana, o filme “Xeque-Mate”, que retrata de forma incidental a situação da cannabis no Uruguai. Fruto de uma viagem feita pela cineasta em 2019, em Montevidéu, o documentário disputa a 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, na competição “Novos Diretores”. A votação vai até o dia 4 de novembro, pelo site da Mostra, onde também é possível assistir ao longa-metragem pelo preço popular de R$ 6.

Nesta sexta-feira (30), às 18h, Piantino participa de um debate que integra a programação da Mostra e traz como tema “A Maconha e seu Uso Medicinal”. A conversa também contará com o cineasta Beto Brant, diretor do filme “La Planta”, e a médica Carolina Nocetti, e será mediada pela jornalista Ana Paula Sousa. A transmissão acontecerá no canal da Mostra no YouTube.

30 patologias

Ebook: "30 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol"

Conheça o CBD e todo seu potencial para o tratamento de 30 doenças e transtornos.

Com 71 minutos, “Xeque-Mate” discute usa o xadrez como alegoria para abordar o paradoxal universo das drogas e como cada ator social envolvido nesta trama pensa sua jogada. O ponto de partida é o modelo de Regulação da Cannabis no Uruguai, desde o ponto de vista biopsicossocial, geopolítico e econômico.

“O filme foi resultado de uma oficina de realização audiovisual e o prazo para produção do material era bastante curto. A pesquisa foi acontecendo durante a preparação para as filmagens, entre o depoimento de um e outro personagem, e um pouco filtrada pelo perfil de cada um”, conta Piantino, que assina direção, montagem e fotografia.

“Acabei me envolvendo com dois temas sobre os quais eu tinha um conhecimento muito raso, que eram a planta de cannabis e o jogo de xadrez. O alinhamento desses dois conhecimentos, dessas duas histórias, dessas duas representações, gerou-me um grande fascínio. A coincidência do processo foi que quando optei por inserir o xadrez na narrativa do filme, fui descobrindo que vários personagens estavam ligados ao jogo à sua maneira”, explica.

“A ideia do filme é trazer um pouco essa questão do universo das drogas, falar sobre os efeitos gerados pela proibição a partir do Século XX, dos efeitos gerados pela regulação no Uruguai a partir de 2013 e contar um pouco da história documentada de 6.000 anos da cannabis no mundo. E o jogo de xadrez atravessa toda a narrativa”, completa. No documentário, são ouvidos nomes como Alicia Castilla (escritora, ativista e cultivadora), Julio Calzada (ex-diretor da Junta Nacional de Drogas), Juan Vaz (ativista e cultivador) e Mercedes Ponce de Leon (criadora da Expocannabis Uruguay), entre médicos, acadêmicos, autoridades e outras figuras.

Para a cineasta, a discussão no Uruguai também é importante para pautar o Brasil, que ainda caminha vagarosamente quando o assunto são as políticas de drogas. “Aqui, temos pouco acesso a essa pauta, que é um grande tabu. Apesar dos passos lentos, tivemos um avanço esse ano no país, com a autorização de venda de canabidiol em farmácias pela Anvisa. No entanto, esse derivado que é vendido por aqui é feito a partir de matéria-prima europeia, e o plantio segue proibido”, critica.

>>> Você é um médico prescritor de Cannabis medicinal? Faça seu cadastro aqui para alcançar mais pacientes! 

Sobre Bruna Piantino

Nascida em Belo Horizonte, em 1978, é fotógrafa, escritora e documentarista. Iniciou a carreira em 2009, ao dirigir o curta “448” e ao codirigir o curta “Moths”. Participou de outras produções audiovisuais, como produtora e atriz. “Xeque-Mate” é sua estreia na direção de longas-metragens.

Serviço: Filme “Xeque-Mate”, de Bruna Piantino

Debate “A Maconha e seu Uso Medicinal”
Sexta-feira, 30 de outubro, às 18h
No canal da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Votação competição “Novos Diretores” | Mostra Internacional de Cinema de SP
Até dia 4 de novembro
Pelo site da Mostra: https://44.mostra.org/filmes/xeque-mate
Como votar? Ao final de cada exibição, no início dos créditos, você verá uma cartela animada pedindo para votar no filme. É só clicar nela e preencher o formulário. É recomendável desativar o Ad Blocker na Mostra Play, porque a cartela de votação é veiculada como anúncio durante a reprodução do filme.

Procurando por um médico prescritor de cannabis medicinal? Temos grandes nomes da medicina canabinoide para indicar.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email