Os rótulos de produtos com Cannabis são confiáveis?

tratamento angiossarcoma cbd

Testes em produtos com Cannabis nos EUA e Reino Unido detectaram diferenças entre a quantidade de canabinoides descrita nos rótulos e o que testes de laboratórios independentes mostraram. Foram testados CBD e delta-9 THC com resultados que mostraram que as análises precisam ser feitas com mais frequência.

Por se tratar de um produto de origem vegetal, variações são esperadas entre cada colheita. Porém, é importante termos um controle para que os consumidores recebam pelo que pagaram.

Com as importações de CBD crescendo 15 vezes em cinco anos aqui no Brasil e com quase duas dezenas de produtos com Cannabis aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), temos uma grande variedade de marcas e concentrações de canabinoides em circulação no país. Esses medicamentos muitas vezes são itens fundamentais para manter o bem-estar e a qualidade de vida de pacientes com condições de saúde muito delicadas, então é necessário que esses indivíduos saibam exatamente quanto estão consumindo dos princípios ativos para darem sequencia ao tratamento e evitarem efeitos indesejados.

Rótulos de produtos com CBD

Em uma série de testes junto a um laboratório independente, o jornal Daily Mail, do Reino Unido, utilizou testes de cromatografia para analisar 13 produtos com CBD. Vale lembrar que a legislação local permite bálsamos corporais e comestíveis que não vemos por aqui.

  • um deles tinha menos da metade de CBD anunciado no rótulo – o bálsamo muscular com CBD da Dr. K
  • um tinha mais que o dobro do CBD anunciado – as balas infusionadas com CBD da Canax
  • dois tinham menos CBD do que o anunciado – o óleo tópico de CBD da Dr. K e as bolas de chocolate com CBD da Love Hemp
  • nove apresentaram variações pequenas na concentração – o sal de banho com CBD da H&B, as pastilhas com CBD Dragonfly e Green Stem vendidas pela Boots, o spray sublingual, o óleo de CBD e a pomada com CBD da Love Hemp, o óleo com CBD da Zoetic, a tintura de CBD da Lady A e a goma de mascar com CBD da Canamis.

Rótulos de produtos com THC

O portal CBD Oracle, dos EUA, testou 53 produtos com delta-9 THC junto com o laboratório independente InfiniteCAL. Esses testes foram mais detalhadas e forneceram alguns dados:

  • Todos os produtos estavam livres de pesticidas, resíduos de solventes, metais pesados e outros contaminantes;
  • Cerca de metade dos produtos tinham informações imprecisas sobre a dosagem de delta-9 THC, saindo da margem de 15% para mais ou para menos;
  • Cerca de metade dos produtos não tinham número de lote para rastrear possíveis problemas;
  • Cerca de 64% dos produtos tinham delta-9 THC obtido a partir do CBD por um processo chamado isomerização.

Testagem de Cannabis no Brasil

A testagem por laboratório independentes ainda não é uma realidade para os produtos com Cannabis utilizados pelos brasileiros.

Um projeto da Universidade Federal do Rio de Janeiro, chamado Farmacannabis, realiza testes em medicamentos produzidos em associações de pacientes. Há também um dispositivo portátil que faz o teste por cromatografia e envia os resultados através de um app para smartphones, vendido pela empresa GemmaCert que pretende facilitar a obtenção desses resultados e é uma opção viável em solo nacional.

App Gemmacert usado pela medtech brasileira Cannabtech

É fundamental que a prescrição de medicamentos com Cannabis seja feita a partir de um médico especializado que vai poder recomendar produtos certificados e com garantia. Na nossa plataforma de agendamentos você pode marcar uma consulta com um dos nossos especialistas em várias áreas da medicina que vai te orientar para o tratamento melhor e mais seguro.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email