Roberto Jefferson quer expulsar deputado do PTB por defesa à Cannabis medicinal 

Em áudio recebido pelo C&S, presidente da sigla diz que Eduardo Costa vai contra orientação cristã e conservadora e pisa na bandeira do partido; ouça
roberto jefferson quer expulsar deputado do PTB por seu apoio a Cannabis medicinal

O presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, informou que irá encaminhar a expulsão do seu colega de legenda Eduardo Costa, deputado federal pelo Pará, por seu apoio ao Projeto de Lei 399/15, que legaliza o plantio de Cannabis no Brasil. Em áudio obtido pelo portal Cannabis & Saúde, o político diz que Costa vai contra a orientação cristã e conservadora e pisa na bandeira do partido.

Jefferson ficou conhecido nacionalmente por seu envolvimento no esquema do mensalão, do qual foi o primeiro a delatar. Foi condenado pelo STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e cassado em 2005 pela Câmara. Ressurgiu em 2020 como um político radical de extrema-direita. Recentemente, publicou um vídeo ensinando como montar uma guerrilha religiosa armada para impedir o fechamento de templos e igrejas no contexto da pandemia. As redes sociais derrubaram o vídeo e suspenderam a conta do deputado.

Ebook: "30 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol"

Conheça o CBD e todo seu potencial para o tratamento de 30 doenças e transtornos.

Eduardo Costa, por sua vez, é médico e um político moderado. Membro da comissão da Cannabis, participou de diversas audiências públicas, inclusive das visitas técnicas à Colômbia, país que legalizou em 2016, e à Abrace, ONG da Paraíba autorizada a cultivar desde 2017. Se tornou um defensor da causa, mesmo sendo um político mais alinhado ao governo no Congresso.

E o governo é opositor ferrenho à proposta, assim como o presidente do PTB. No áudio enviado em um grupo do partido, Roberto Jefferson se mostra preocupado com a popularidade do partido.

“Esse gesto do deputado Eduardo Costa terá uma grave repercussão. Nós vamos despencar na pesquisa e viveremos de novo a incredulidade da opinião pública em torno de toda obra que estamos construindo de sermos um partido cristão e conservador. Mas é o último voto que ele dá em nome do PTB. Eu determino à comissão de ética para expulsá-lo do PTB. As opiniões dele conflitam com o partido. Ele buscará abrigo numa legenda mais pertinente ao seu ideal.”

O deputado Eduardo Costa não se abalou com a possível expulsão do partido e continuou manifestando sua defesa pela Cannabis medicinal nas redes sociais. Já sobre o impasse com o presidente da sigla, disse:

“Lamentavelmente, a discussão tem se pautado em preconceitos, dogmas e na ignorância, o que é pior que muita droga. Não será a ameaça de expulsão do PTB que irá me calar nesta discussão que pode mudar a realidade de mais de 10 milhões de pacientes que podem ser beneficiados”.

A Comissão da Cannabis na Câmara realizou sua última reunião na terça-feira (18). A sessão foi marcada pela agressão do deputado Diego Garcia (PODE-PR) ao presidente Paulo Teixeira (PT-SP) e acusações levianas do bloco opositor ao projeto. O relator, Luciano Ducci (PSB-PR), pediu um novo prazo para acolher as novas contribuições ao texto e ainda não há data para sua votação na comissão. O placar está apertado: na votação de um requerimento de obstrução do projeto, foram 18×16 pela não retirada de pauta. 

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email