Rejuvenescimento da pele: Quais os tratamentos existentes?

rejuvenescimento da pele negra

A pele é o maior órgão do corpo humano e, como tal, está sujeita a danos causados pelo tempo, pelo ambiente e pelos hábitos diários. Por isso, muitas pessoas buscam formas de fazer o rejuvenescimento da pele.

À medida que vamos envelhecendo, é comum que nosso rosto se altere, fazendo com que algumas questões de nossa idade passem a ficar mais claras. Inclusive, esse é um processo natural, com o qual não devemos ter tabus.

No rejuvenescimento da pele, tratamentos estéticos são utilizados para reverter ou amenizar alguns desses sinais do tempo. Conheça alguns deles:

O que é o rejuvenescimento da pele?

O rejuvenescimento facial é um dos tipos de procedimento estéticos que objetivam trazer um aspecto mais jovial ao rosto de uma pessoa, fazendo com que os sinais do envelhecimento desapareçam (ou ao menos levem mais tempo para aparecer).

Nesse sentido, os processos de rejuvenescimento de pele envolvem o tratamento e melhora dos danos à pele causados pelo tempo – exposição ao sol, doenças de pele e o envelhecimento podem estar entre as motivações para que a pele perca a aparência jovial.

Historicamente os procedimentos estéticos sempre foram buscados de forma prevalente por pessoas acima de 40 anos, normalmente mulheres.

No entanto, de acordo com dados do Censo de 2018 realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, pessoas abaixo dessa faixa etária têm buscado cada vez mais alternativas para se sentirem mais bonitos e jovens.

Houve, por exemplo, um aumento na busca dos procedimentos estéticos por parte das pessoas que estão na faixa etária entre 19 e 35 anos, bem como da representação masculina.

Em 2014, as mulheres eram 84,2% das pessoas que faziam procedimentos estéticos cirúrgicos e não cirúrgicos, enquanto em 2018 esse número reduziu-se para 79,4%.

Quando fazer esse procedimento?

rejuvenescimento da pele procedimentos

Embora os processos e sinais de envelhecimento comecem a aparecer entre 25 e 30 anos de idade, isso não quer dizer que você deve fazer seus primeiros procedimentos já nestas idades.

O rejuvenescimento da pele é indicado não apenas para quem quer se sentir jovem, mas também para quem se incomoda com algumas questões e condições que passam a se acentuar mais no rosto com o passar do tempo.

Sardas, acnes, manchas e cicatrizes podem ser bastante incômodas para quem as tem desde sempre, mas com o envelhecimento, há a tendência de que fiquem ainda mais ressaltadas.

Isso acontece devido ao fato de que a partir dos 30 anos, nosso corpo perde parte da capacidade de produzir substâncias que mantêm a pele jovem. Uma delas é o colágeno, que a partir dessa idade começa a se degradar de forma mais acelerada.

O colágeno serve para manter a firmeza e elasticidade da pele – quando sua produção se reduz ou começa a perder força é comum que a pele comece a ficar mais “esticada” ou com um aspecto popularmente chamado de “muchibento”.

Por isso, os procedimentos estéticos de rejuvenescimento podem atuar em duas frentes: na redução de manchas, sardas e acnes ou ainda na devolução da elasticidade e firmeza da pele.

Em ambos os casos, deve-se ter em mente sobre as possibilidades negativas que o procedimento pode causar. Muitas mulheres passam a ter insatisfações com o passar do tempo e isso pode trazer danos à autoestima, por exemplo.

Portanto, antes de iniciar qualquer procedimento estético, é importante avaliar se você está o fazendo de forma convicta e não por impulso.

Ou seja, avalie se está fazendo exatamente o que quer e principalmente: atente-se às suas vontades e não para a vontade dos outros.

Por fim: não há idade determinada para começar procedimentos de rejuvenescimento de pele. No entanto, os resultados podem ser mais interessantes quando os primeiros procedimentos são feitos antes dos 40 anos de idade.

Fatores que influenciam o envelhecimento da pele

Existem basicamente dois tipos de fatores que podem influenciar negativamente o envelhecimento da pele.  São eles: os naturais, que estão atrelados ao tempo, e os ambientais, que decorrem da nossa relação com o meio em que vivemos.

Os fatores naturais são aqueles que fazem parte do processo natural de envelhecimento.

Com o passar dos anos, a pele sofre com a diminuição da elasticidade e firmeza, além da produção de substâncias importantes para manter sua saúde, como o colágeno.

Já os fatores ambientais são aqueles decorrentes do tipo de vida que levamos. Por exemplo, o fumo e a exposição excessiva ao sol são fatores que podem contribuir para o surgimento de manchas e até mesmo para o câncer de pele.

O ideal é que seja feita uma avaliação completa da sua pele antes de iniciar qualquer procedimento estético, pois alguns destes tratamentos podem não ser adequados para certos casos.

Como funcionam os procedimentos de rejuvenescimento da pele?

rejuvenescimento da pele homem

Os procedimentos de rejuvenescimento da pele podem ser do tipo cirúrgico ou não-cirúrgico. Em ambos os casos, a recuperação é rápida, bem como a visualização dos resultados.

A escolha da técnica deve ser feita de forma conjunta a um profissional de saúde habilitado para o procedimento estético adotado.

No caso, podem estar envolvidos dermatologistas ou cirurgiões plásticos, a depender do grau de envelhecimento, idade do paciente e condições clínicas prévias ao procedimento.

Abaixo, traremos alguns detalhes a mais sobre os tipos de procedimento, bem como as indicações de aplicação de cada uma das técnicas mais comuns.

Qualquer região do corpo pode ser rejuvenescida?

Alguns tipos de técnica são mais apropriadas para determinadas partes do corpo.

Porém, a resposta é sim: qualquer parte do corpo pode receber processos de rejuvenescimento.

No entanto, os processos de rejuvenescimento costumam ter como objetivo a melhora nas linhas de expressão, flacidez, manchas e rugas no rosto.

Por isso, é importante saber quais processos são indicados para essas regiões e como as técnicas podem ser executadas de forma a maximizar os resultados.

Leia também: Porque deveríamos saber mais sobre Cannabis e saúde das mulheres

As técnicas mais comuns para rejuvenescimento da pele:

rejuvenescimento da pele cuidados

Toxina botulínica

A toxina botulínica (também chamada popularmente pelo nome Botox) serve como procedimento de rejuvenescimento da pele, fazendo a amenização e prevenção tanto de rugas quanto marcas e linhas de expressão.

Quando aplicado, o botox faz com que haja um relaxamento da musculatura, evitando que as rugas apareçam no local de aplicação.

Além disso, pode-se utilizá-lo para diminuir as rugas que já apareceram no seu rosto, normalmente criadas pela contração de um músculo da face.

Um exemplo clássico de aplicação desse tipo de substância é na testa, onde ao falar ou explicar algo, muitas pessoas acabam levantando suas sobrancelhas e franzindo a testa.

Com o tempo, a testa ganha um aspecto permanente de franzida, parecendo com um dobramento da pele.

Além disso, a toxina botulínica pode ser aplicada em regiões próximas aos olhos, onde surgem os famosos “pés de galinha” de forma a prevenir seu aparecimento ou fazer com que as marcas já existentes tornem-se mais suaves.

Microagulhamento

O microagulhamento é um dos processos menos invasivos quando falamos de procedimentos estéticos.

Através da aplicação de agulhas no rosto (ou menos comumente em outras partes da pele), visa reduzir o aparecimento de cicatrizes das acnes, as estrias e rugas que possam aparecer na pele.

Além disso, é bastante indicada para retirar ou reduzir a flacidez da pele em partes como a barriga ou o bumbum.

Seu procedimento envolve a colocação de uma agulha produzida em aço cirúrgico ou titânio (ou por meio de rollers) que fazem uma indução de colágeno por dentro da pele.

Skinbooster 

rejuvenescimento da pele tratamento

O skinbooster (que em inglês significa “intensificador de pele”) é feito por meio do uso de ácido hialurônico e vitaminas que são injetadas na pele, mais especificamente na região da derme.

Por fazer a injeção nas camadas mais profundas da pele, faz com que a produção de substâncias que promovem o rejuvenescimento sejam ativadas de forma mais completa e por isso o nome de “intensificador”.

Parte do seu procedimento envolve a ativação dos processos produtivos tanto do colágeno quanto da elastina, fazendo com que o procedimento seja apropriado para pessoas que querem reduzir a flacidez da pele, bem como diminuição de olheiras, rugas e manchas.

Além disso, o skinbooster tem como diferencial uma característica importante para os cuidados da pele – a hidratação.

Peeling químico

O Peeling Químico é um dos procedimentos mais utilizados para promover o clareamento da pele, sobretudo quando se faz necessária a remoção de manchas e cicatrizes da pele.

Muitas das pessoas que procuram esse tipo de procedimento o fazem pelo fato de se sentirem insatisfeitas com sardas, cicatrizes de acne e hiperpigmentação.

Nesses casos, visa-se uma uniformização do aspecto visual da pele, deixando-a toda num mesmo equilíbrio de tom.

O peeling químico consiste na aplicação de ácidos sobre a pele, visando a remoção de quaisquer camadas de pele que estejam danificadas ou em não conformidade com o restante da pele.

Dessa forma, espera-se após o tratamento que haja a eliminação da maior parte das manchas e cicatrizes por meio do crescimento de uma camada lisa e saudável, que não fará destaque sobre o rosto da pessoa, como no caso anterior ao tratamento.

É importante ter em mente que o peeling químico, por se tratar de um tratamento com o uso de ácidos, envolve contra indicações e efeitos colaterais e por isso, deve ser feito em clínicas certificadas, com profissionais habilitados para a realização do procedimento.

Bioestimuladores

Os bioestimuladores de colágeno são substâncias que têm a capacidade de aumentar a produção de colágeno na pele do paciente.

Esses bioestimuladores são injetados na pele e sua administração pode ser feita em formas de gel, fazendo com que o processo tenha efeito quase que instantâneo.

Por se tratar de um procedimento que visa aumentar o colágeno, é bastante indicado para pessoas que estejam em busca de um processo de rejuvenescimento da pele que diminua a flacidez e promova mais firmeza às partes do rosto.

Nesse sentido, pode ser usado por pessoas que estejam enfrentando rugas, marcas e linhas de expressão ou ainda “pés de galinha”.

Laser

O procedimento de rejuvenescimento da pele usando laser visa remover camadas de pele que estejam suficientemente envelhecidas ou com aparências indesejadas.

Para isso, o raio laser é direcionado com a profundidade e energia correta, para evitar que o procedimento faça a invasão de camadas mais internas da pele, o que pode causar mais problemas do que benefícios falando de rejuvenescimento.

Quando o processo tem sucesso, há a formação de um processo de inflamação na região de aplicação. Tal processo inflamatório permite que haja um estímulo na produção de colágeno, bem como remoção da camada de pele defeituosa.

Com isso, o laser pode ser uma opção para pessoas que têm marcas de expressão bem acentuadas, sobretudo as rugas.

É importante que a paciente saiba que este tipo de procedimento tem um certo grau de invasão, mas é feito seguindo processos seguros e que não incorrerão em problemas de saúde como algumas questões do senso popular costumam dizer.

Há quem diga por exemplo, que os procedimentos que utilizam raio laser sobre a pele são capazes de causar câncer.

No entanto, a verdade é que um procedimento de rejuvenescimento de pele, por exemplo, traz um índice muito baixo de exposição, seja pela intensidade da luz ou pelo tempo ao qual a pessoa fica submetida ao feixe de luz.

Além disso, proteções são utilizadas para remover qualquer tipo de risco ao paciente – os olhos, por exemplo, estão o tempo todo cobertos por meio de óculos especiais que não permitem que o raio laser ultrapasse e cause danos.

Além da melhora nos processos já citados, o laser pode ser utilizado para eliminar manchas ao agir sobre a melanina.

O rejuvenescimento da pele e a Cannabis medicinal 

rejuvenescimento da pele oleo cbd

O potencial dermatológico da cannabis medicinal é alvo de vários estudos científicos.

Inclusive, existem no mercado internacional (ainda não são produtos liberados pela ANVISA aqui no Brasil) diversos produtos de “skincare” com base em Cannabis.

Dentre seus vários efeitos positivos na pele, está a capacidade do canabidiol (CBD) normalizar a síntese de lipídeos em sebócitos. Ou seja, é capaz de normalizar a produção de sebo e consequentemente normalizar a oleosidade da pele (lipoestático).

Além disso, o uso tópico do CBD pode ser capaz de reduzir o aumento de toxinas que estão envolvidas no processo de erupção de uma acne (anti proliferativa).

Um terceiro efeito na pele, trata-se de seu efeito anti-inflamatório. Ou seja, o CBD pode estar relacionado com o combate à inflamação.

Por ter um bom potencial contra acne e outras condições dermatológicas, o CBD também pode ser utilizado para cuidados anti idade.

Estudos que apontam benefícios da Cannabis para rejuvenescimento da pele

rejuvenescimento da pele cannabis medicinal

Outros estudos demonstraram que a cannabis medicinal também possui potencial antioxidante. Significa que o CBD pode ser capaz de impedir a formação das espécies reativas de oxigênio (ERO).

Essas ERO estão diretamente relacionadas com o processo de envelhecimento celular e ocorrem em todas as células do nosso corpo. Assim, moléculas com capacidade “antioxidante” são capazes de retardar o envelhecimento celular.

Além de retardar o envelhecimento, a Cannabis medicinal também apresenta potencial de atuar na renovação celular.

Como fazer uso da Cannabis para rejuvenescimento da pele?

rejuvenescimento da pele cdb

Como temos ressaltado aqui, usualmente o uso da Cannabis medicinal para fins dermatológicos é realizado de forma tópica – passando o creme, óleo ou pomadas.

No entanto, nem todas essas formas estão liberadas para uso no Brasil. Entretanto, é importante frisar que o uso medicinal da Cannabis é aprovado pela ANVISA.

De acordo com a legislação vigente no tema é possível realizar não só a importação dos produtos, mas também a compra destes aqui mesmo no Brasil.

Para tirar suas dúvidas a respeito da legislação sobre a utilização de Cannabis medicinal no Brasil, confira neste link uma conversa que tivemos com um gerente da Anvisa a respeito da importação dos medicamentos!

Onde buscar por essa alternativa?

rejuvenescimento da pele mulher

Qualquer tratamento realizado à base de Cannabis no Brasil deve ser feito mediante prescrição médica. Nesse sentido, há comprovações ou indicações científicas sobre o uso da cannabis medicinal para uma série de doenças.

Embora ainda não seja tão comum a prescrição de tratamentos estéticos com o uso da Cannabis, sabemos que esta é uma realidade possível. Afinal, há estudos em andamento que demonstram os potenciais do uso destas substâncias para o rejuvenescimento da pele, entre outros procedimentos estéticos.

Se você está em busca de um tratamento desse tipo e não sabe a quem recorrer, o Portal Cannabis e Saúde trouxe uma solução.

Em uma plataforma, conectamos os melhores médicos prescritores de cannabis no Brasil aos pacientes que desejam realizar um tratamento canábico.

Você pode acessar a plataforma e procurar um médico de acordo com a sua especialidade (um dermatologista, por exemplo) e marcar a sua consulta em minutos.

As consultas podem ser feitas tanto presencialmente quanto por telemedicina. Clique aqui, conheça a nossa plataforma e agende já a sua consulta!

Conclusão

O rejuvenescimento da pele não é uma questão apenas estética. Afinal, a rejeição da própria imagem também pode afetar nossa auto confiança, estima e amor próprio. O que pode gerar impactos em nossa vida pessoal e profissional.

Assim, com o envelhecimento geral da população, a busca por uma pele mais bonita e com menos rugas aumentou.

Seguindo essa tendência, o mercado já foi capaz de lançar diferentes produtos e tratamentos que objetivam retardar o envelhecimento celular e renovar a pele.

Nesse sentido, a indústria estética encontrou na cannabis o potencial de auxiliar na qualidade da pele de seus clientes. Por isso, já são comercializados ao redor do mundo produtos de tratamento dermatológico e capilar com base em cannabis.

No entanto, o uso de Cannabis para fins terapêuticos é liberado apenas através da prescrição médica. Por isso, se você tem interesse em buscar um tratamento eficaz para rejuvenescimento de pele, conte conosco!

Em nossa plataforma você pode encontrar médicos prescritores de cannabis medicinal a poucos cliques de distância. Clique aqui e marque já a sua consulta com um deles!

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email