Público defende mais o plantio de Cannabis medicinal do que deputados, aponta estudo

Pixabay

A Cannabis medicinal é um tema que sensibiliza mais a população geral do que os parlamentares do Brasil. Segundo estudo realizado pelo “Jota Labs”, plataforma do portal Jota, o assunto ainda causa divisão entre políticos brasileiros independentemente da finalidade de uso da erva.

A pesquisa abordou parlamentares e os dividiu de forma aleatória em dois grupos. Em um, perguntou se eles eram favoráveis ou contrários ao plantio de maconha no Brasil; no outro, se eles eram favoráveis ou contra o plantio de maconha no Brasil para fins medicinais.

agendamento de consultas cannabis e saude

Agende uma consulta com um dos nossos médicos especialistas.

Nossa rede de médicos foi criada com o apoio de um conselho altamente qualificado para conectar você a profissionais sérios e habilitados para lidar com os mais diversos casos onde o tratamento com CBD é eficaz.

Experimento similar

No primeiro grupo, 45,9% dos parlamentares disseram que são favoráveis à liberação, 45,7% foram contrários e 8,4% não souberam responder; entre os que falaram sobre fins medicinais, as proporções foram 43%, 48,3% e 8,7%, respectivamente.

O resultado difere de experimento similar que o próprio “Jota Labs” havia feito com pessoas comuns. Nesse grupo, houve mais variação entre os que responderam sobre a maconha e os que defenderam a liberação de plantio para fins medicinais.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email