Natal terá edital para pesquisa sobre Cannabis no valor de R$300 mil

Natal edital Cannabis

A cidade de Natal vai ter um incentivo de R$300 mil para pesquisas sobre Cannabis em tratamentos de saúde vindos de um edital. Os recursos virão da Fundação de Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), por emenda da deputada estadual Isolda Dantas, que promoveu um evento para debater os usos medicinais da Cannabis com a população chamado 1º Seminário de estímulo à pesquisa sobre uso medicinal e industrial da Cannabis no RN, realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com a presença do neurocientista Sidarta Ribeiro, a também deputada Natália Bonavides, a vereadora Brisa Bracchi, Jucirema Ferreira da FAPERN, Mariana Muniz do Instituto do Cérebro e Felipe Farias da associação de pacientes Reconstruir Cannabis.

O edital será aberto para todas as instituições de ensino superior do estado, não somente a UFRN, e será lançado até dezembro de 2022. Vale lembrar que o estado do Rio Grande do Norte já tem a Lei Nº 11.055 que assegura o direito ao tratamento com produtos à base de Cannabis e incentivos à pesquisa sobre usos medicinais e industriais da planta, e é de autoria da própria deputada Isolda Dantas, que anunciou os recursos antes do seminário acontecer.

A deputada Isolda Dantas ressaltou a parceria com os órgãos públicos para garantir o tratamento aos pacientes da rede estadual de saúde.

“A Secretaria de Saúde Pública está completamente convencida de que precisa colocar a outra parte da nossa lei em execução, que é a formação dos profissionais e também campanhas. O governo do estado está convencido de que precisa fazer campanha para socializar informações com a sociedade para compreender o significado e o poder dessa planta e dessa medicação. Como o Sidarta falou, o objetivo aqui é garantir o acesso”

O neurocientista Sidarta Ribeiro estava presente no seminário e ressaltou o avanço que já foi feito com relação a difusão dos conhecimentos sobre a os usos medicinais da Cannabis.

“Faz sentido a gente expandir o nosso cabedal de conhecimentos e de experiências, e compartilhar vivências para fazer um diálogo mais eficaz com a sociedade. Hoje o estigma com relação à maconha é muito menor do que cinco anos atrás, e a cinco anos era muito menor do que a 15 anos atrás.”

Se você busca tratamentos com derivados da Cannabis, o portal Cannabis & Saúde pode te ajudar. Acesse a nossa plataforma de agendamento de consultas, nela você pode filtrar a busca por cidade, estado, especialidade médica e até o valor que você deseja pagar. Agende agora a sua consulta.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email