Justiça autoriza paciente a plantar maconha em Porto Alegre para tratar doença degenerativa

Homem desenvolveu resistência a morfina, mas encontrou na Cannabis alívio para dores
o que é cannabis qual a diferenca cannabis, maconha e canhamo

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul autorizou o plantio de maconha por um paciente no seu apartamento na capital, Porto Alegre, para utilização medicinal no tratamento de uma doença progressiva degenerativa. O Habeas Corpus preventivo pediu a autorização para possuir e guardar sementes de Cannabis sativa e o cultivo de até 20 plantas e produtos derivados, exclusivamente para uso medicinal e pessoal.

Conforme informou a advogada do paciente, Sabrina Moletta, nesta quarta-feira (11), foram apontadas como autoridades coatoras o superintendente da Polícia Federal, o comandante da Polícia Militar e o delegado-geral da Polícia Civil, para que o paciente não corra o risco de ser preso.

agendamento de consultas cannabis e saude

Agende uma consulta com um dos nossos médicos especialistas.

Nossa rede de médicos foi criada com o apoio de um conselho altamente qualificado para conectar você a profissionais sérios e habilitados para lidar com os mais diversos casos onde o tratamento com CBD é eficaz.

>>> Não perca a segunda edição do Medical Cannabis Summit. Clique aqui para se inscrever e participar!

O paciente foi diagnosticado com deficiência de carnitina palmitoil transferase, em 1992.

“O paciente, cujo nome estamos preservando, desenvolveu resistência a morfina, encontrando na medicina alternativa, a autorização da Anvisa para a importação do canabidiol do Uruguai, mas os custos são altos e ele não consegue manter o tratamento com o que recebe de sua aposentadoria por invalidez”, explica a advogada.

Por conta da patologia, o paciente precisa ingerir uma gota de óleo de Cannabis, três vezes ao dia, de forma contínua, aumentando a dose, caso necessário. O óleo é fundamental para o alívio das dores que o gaúcho sofre.

>>>Você é um médico prescritor de Cannabis medicinal? Faça seu cadastro aqui para alcançar mais pacientes! 

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email