Empresa de Cannabis da Johnson & Johnson inicia distribuição farmacêutica

avicanna

A primeira empresa de canabinoides a fazer parte da incubadora JLABS da Johnson & Johnson está se preparando para distribuição farmacêutica. As informações são do portal especializado no mercado da Cannabis dos EUA Benzinga.

A Avicanna Inc. é uma biofarmacêutica focada em avanços inovadores e biotecnológicos na indústria de Cannabis medicinal. Seus linha inclui produtos de como o RHO Phyto (cremes) e a Pura H&W  (cosméticos).

Mas agora, a empresa diz que seu pipeline de produtos farmacêuticos também está atingindo a maturidade e está dedicando seus recursos a um empreendimento diferente – produtos farmacêuticos derivados de canabinoides.

4 anos de estudos

Em 2017, a Avicanna se tornou a primeira empresa de maconha a ser aceita na Johnson & Johnson’s JLABS em Toronto.

JLABS é um centro de inovação em ciências da vida. Ela oferece um ambiente para empresas iniciantes que buscam novas tecnologias e plataformas de pesquisa para o avanço da assistência médica.

“Nossa primeira abordagem com eles foi muito positiva”, disse o CEO e cofundador da Avicanna, Aras Azadian, ao Benzinga em 2017. “No entanto, sabíamos que eles não aceitavam empresas relacionadas ao canabinoide antes”.

O CEO e sua equipe explicaram que a Avicanna não é apenas uma empresa de canabinoides, mas mais uma empresa de biotecnologia envolvida no espaço da Cannabis, e isso selou o negócio.

Hoje, com mais de 4 anos de pesquisa e desenvolvimento, incluindo produtos e estudos pré-clínicos conduzidos na JLABS, a empresa comercializou mais de 30 formulações avançadas, entrou em 14 mercados internacionais e acredita que seus avanços em produtos farmacêuticos à base de canabinoides são posicionado para florescer.

A empresa concluiu seu primeiro conjunto de testes cosméticos em humanos com produtos Pura Earth, incluindo eczema, acne e pele com tendência ao envelhecimento, em 2019.

A Avicanna considerou os três bem-sucedidos e, após a conclusão, passou para estudos de evidências do mundo real sobre sua marca de produtos RHO Phyto para tratar da dor, sono, depressão, epilepsia e cuidados paliativos.

Agora, a empresa está voltando sua atenção para seu pipeline de produtos farmacêuticos.

Um estudo sobre epidermólise bolhosa está em fase de aprovação, enquanto outra pesquisa, para osteoartrite concluiu fase pré-clínica. Em paralelo, a empresa já está em processo de registro de produtos farmacêuticos específicos na América do Sul para autorização de comercialização onde normas farmacêuticas específicas já são atendidas e dossiês são preparados.

A empresa garante estar preparada para avançar com os testes farmacêuticos e acredita que está bem posicionada para a distribuição inicial de vários medicamentos genéricos, bem como fitoterápicos na América do Sul, onde tratarão uma variedade de indicações, incluindo epilepsia.

apresentação do produto da Avicanna, Trunerox

Medicamentos de indicação específica e pipeline farmacêutico

Ao alavancar seu relacionamento de P&D com a JLABS, a Avicanna tem como objetivo distribuir vários medicamentos genéricos no primeiro semestre de 2022 para os mercados latino-americanos.

A empresa também espera comercializar seu pipeline de produtos farmacêuticos para doenças raras em 2023. Esses medicamentos são projetados para uma distribuição mais ampla, incluindo nos mercados dos EUA, Canadá, Europa e América Latina.

O programa de desenvolvimento de medicamentos da Avicanna inclui tratamento para indicações como epilepsia refratária, esclerose múltipla, dor crônica, ansiedade, depressão, epidermólise bolhosa e osteoartrite. As plataformas de distribuição de canabinoides incluem tecnologias tópicas, nasais, sublinguais e orais com perfis de absorção aprimorados.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email