Canabidiol pode reduzir danos da Covid-19 no pulmão, revela pesquisa dos EUA

Estudo mostrou que a substância extraída da maconha aumenta níveis de peptídeo conhecido por reduzir inflamações no organismo
Canabidiol reduz os danos da Covid-19 no pulmão, revela pesquisa dos EUA

Cientistas da Universidade Augusta, nos Estados Unidos, já haviam descoberto que o canabidiol (CBD), substância extraída da Cannabis, pode ajudar a reduzir os danos no pulmão causados pelo coronavírus. E em um novo estudo publicado na quinta-feira (15) pelo Journal of Cellular and Molecular Medicine, os pesquisadores explicam que a substância permite um aumento nos níveis de um peptídeo natural chamado apelina, que reduz inflamações. As informações são da revista Galileu.

A apelina é produzida por células de diversas partes do corpo: coração, cérebro, pulmão, sangue e tecido adiposo. É uma reguladora importante da pressão arterial e inflamação. Quando a pressão fica alta, os níveis de apelina aumentam, ajudando a baixá-la.

30 patologias

Ebook: "30 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol"

Conheça o CBD e todo seu potencial para o tratamento de 30 doenças e transtornos.

Conforme explicam os pesquisadores, o peptídeo supostamente faz o mesmo para ajudar a normalizar os aumentos significativos na inflamação nos pulmões e as dificuldades respiratórias associadas à síndrome de dificuldade respiratória do adulto (SDRA).

“Idealmente, com SDRA, (o nível de apelina) aumentaria em áreas dos pulmões onde é necessário melhorar o fluxo de sangue e oxigênio para compensar e proteger”, explicou Babak Baban, um dos estudiosos, em comunicado à imprensa.

No entanto, durante as observações realizadas pela equipe em roedores, isso não aconteceu: os animais receberem canabidiol.

 Você é um médico prescritor de Cannabis medicinal? Faça seu cadastro aqui para alcançar mais pacientes! 

“O CBD quase trouxe (o nível do peptídeo) de volta ao normal”, relata Jack Yu, coautor da investigação.

Segundo os pesquisadores, a apelina tem muito em comum com a enzima conversora de angiotensina 2 (ACE2), que tem papel crucial na infecção das células pelo novo coronavírus. Além de estarem presentes em muitos tipos de tecidos em comum, ambas trabalham juntas para controlar a pressão arterial.

O problema é que o Sars-CoV-2 diminui os níveis de ACE2, reduzindo assim a apelina no organismo. Os pesquisadores ainda não sabem bem como isso acontece, mas a descoberta ajudou a compreender melhor como o CBD produz os efeitos benéficos observados nos camundongos.

Agora, a equipe pretende continuar estudando o mecanismo em humanos para entender se o canabidiol realmente pode ser eficaz contra os estragos causados pelo novo coronavírus.

Procurando por um médico prescritor de cannabis medicinal? Temos grandes nomes da medicina canabinoide para indicar.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email