Comestíveis superam crescimento da indústria de Cannabis em 2020 nos EUA

Aumento está levando os fabricantes de comestíveis a investirem em pesquisa e desenvolvimento e em novas linhas de produtos para 2021
Comestíveis de Cannabis

As vendas de comestíveis dispararam nos Estados Unidos em 2020, à medida que os consumidores evitavam formas inaláveis ​​de Cannabis durante a pandemia COVID-19 em favor de métodos de consumo mais discretos. O aumento está levando os fabricantes de comestíveis a investirem em pesquisa e desenvolvimento e em novas linhas de produtos para 2021.

Dados da empresa análise de Cannabis com sede em Seattle Headset mostram que durante todo 2020, as vendas de alimentos para uso adulto e médico cresceram 60% em sete mercados estaduais – de US$ 767 milhões em 2019 para US$ 1,23 bilhão em 2020. Esse desempenho significou que os comestíveis superaram o mercado total de Cannabis, que cresceu 54% no ano passado. Os sete estados foram Califórnia, Colorado, Massachusetts, Michigan, Nevada, Oregon e Washington.

Ebook: "30 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol"

Conheça o CBD e todo seu potencial para o tratamento de 30 doenças e transtornos.

O aumento está levando as empresas de Cannabis a aumentar os esforços no desenvolvimento de novos tipos de produtos, incluindo alimentos de ação mais rápida e específicos para cada variedade. “Estamos vendo o espaço comestível ficar um pouco mais sofisticado e esperamos que isso continue”, disse Ashley. Os fabricantes de comestíveis de Cannabis citaram uma série de fatores por trás das maiores participações de mercado, incluindo: Consumidores novos e maduros estão experimentando alimentos comestíveis pela primeira vez.

As informações são do Marijuana Business Daily

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email