THC é mais eficiente que CBD no tratamento de náusea, diz estudo

Dr. Paulo Fleury quem é

Um estudo publicado no Jornal da Gastroenterologia Clínica no mês de abril confirmou a eficácia da Cannabis medicinal no alívio de sintomas de náusea, com resultados positivos em 96% dos casos até uma hora depois do consumo.

Agora, um grupo de pesquisadores da Universidade do Novo México decidiram buscar mais detalhes desse benefício. Em quanto tempo costuma fazer mais efeito? Quais formas de ingestão com melhores resultados? Quais componentes da Cannabis responsável pelos benefícios?

Ebook: "30 patologias que podem ser tratadas com o canabidiol"

Conheça o CBD e todo seu potencial para o tratamento de 30 doenças e transtornos.

Cannabis e náuseas

Para chegar à resposta, os cientistas analisaram os dados de 886 pessoas que utilizam um aplicativo projetado para ajudar as pessoas a controlar o consumo de Cannabis, chamado Releaf App. Nele, as pessoas colocam tudo que sentiram ao consumir alguma forma de Cannabis, incluso o tratamento de alguma enfermidade. No total, foram 2.220 sessões de administração de Cannabis observadas.

A náusea é um sintoma comum, mas muitas vezes é difícil de tratar com remédios à base de ervas, como gengibre, ou medicamentos prescritos. As causas comuns de náusea incluem intoxicação alimentar, estresse emocional, distúrbios gastrointestinais, enjoo, gravidez e quimioterapia.

A Cannabis tem sido usada para tratar esses problemas há milênios. Mas apenas sua eficácia no tratamento de náuseas induzidas por quimioterapia tem sido amplamente reconhecida. Já o uso de Cannabis para outras formas de náusea segue pouco pesquisado na população em geral.

Veja os resultados do estudo:

  • Pessoas que consomem Cannabis sentem um alívio de 4 pontos em uma escala de 0 a 10 logo após o consumo, com progressiva melhora com o passar do tempo.
  • A extensão do alívio da náusea experimentada pelos participantes do estudo variou entre as características do produto. O consumo da flor in natura, por inalação, ou de concentrados da planta se mostraram mais eficazes que óleos e produtos comestíveis.
  • Os produtos rotulados como Cannabis sativa e “híbridos” superaram os produtos rotulados como Cannabis indica.
  • Entre as pessoas que inalaram a Cannabis, as melhores respostas foram através do fumo e não do vaporizador.

THC mais eficaz que o CBD

“Talvez nosso resultado mais surpreendente foi que o THC, normalmente associado ao uso recreativo, pareceu melhorar o tratamento entre os consumidores da flor de Cannabis, enquanto o nosso CBD, mais comumente associado ao uso médico, na verdade, parecia estar associado a menos alívio dos sintomas”, afirmou um dos autores do estudo, Jacob Vigil, professor associado do departamento de psicologia.

“Os mecanismos por trás da capacidade da Cannabis de reduzir rapidamente a sensação de náusea não são totalmente claros, mas envolvem a capacidade da planta de ativar as respostas do receptor CB1 a outros estímulos no sistema nervoso central, como o córtex insular, que está envolvido na percepção consciente dos estados corporais internos, e é um exemplo de uma região do cérebro que é naturalmente modulada pelos endocanabinoides que se desenvolvem naturalmente no corpo humano”, explica.

 “Não é surpreendente que os fitocanabinoides que se desenvolvem na planta Cannabis também sejam eficazes na estimulação de regiões cerebrais semelhantes .”

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email