Destaques

Médica e paciente, Tamara Passos conhece os dois lados da Cannabis medicinal

Após contar com o CBD para superar duas vezes o câncer, a doutora Tamara Passos agora leva os benefícios para seus pacientes

A Cannabis medicinal não era uma novidade para a médica Tamara Passos. Especialista em saúde da família, frequentemente acabava se deparando com pacientes com epilepsia refratária que já se tratava com a Cannabis, com “resultados impressionantes”.

No entanto, a Cannabis só entrou de vez em sua vida quando se viu do outro lado da relação médico/paciente.

CBD e câncer

Diagnosticada com câncer de mama em 2014, recorreu ao canabidiol para conter os efeitos colaterais. “Eu virei paciente e vi a diferença. Sem o CBD, eu ficava destruída. Não conseguia comer nada. Dor, vômito, náusea”, lembra Passos.

“Como médica, eu então comecei a fazer testes. Uma semana eu tomava um tanto, na outra ficava sem, para notar a diferença. Foi gritante”, continuou. “Com o CBD, a quimioterapia passa muito mais tranquila. Não tem aquele mal-estar, dor de cabeça. Eu posso falar por experiência própria que, para o paciente oncológico, é outra vida.”

Não demorou para que se desse por convencida dos benefícios da Cannabis medicinal. “Não testei muito não. Depois da terceira vez, eu pensei: ‘não vou ficar sem nunca mais na minha vida. Não quero passar mal à toa.”

Mais uma vez o câncer

Mesmo sentindo na pele os benefícios, não se sentia segura para começar a receitar para os pacientes. Mas o destino a levou de volta para a Cannabis. Em 2017, um outro câncer, dessa vez nos ovários, devolveu sua condição de paciente oncológico, com uso de CBD para os efeitos colaterais

“No segundo tratamento, já foi mais tranquilo. Já conhecia. Só que eu decidi que, dessa vez, eu tinha que virar médica prescritora”, conta. “Por eu ter visto e colhido os benefícios, quis trazer para isso como uma prática da medicina que pratico. Comecei a estudar, fazer cursos, ler muito, e virou uma missão. Desmitificar a Cannabis, não só entre pacientes, mas entre médicos também.”

Médica prescritora

Agora, os benefícios que observou em sua própria experiência, repete em seus pacientes. “É muito gratificante melhorar a qualidade de vida do paciente. Conseguir dar condições para que possa passar pelo processo da doença que muitas vezes é crônica”, revela a médica. “Muitos pacientes chegam sem perspectiva. Entregar uma qualidade de vida para ele não tem preço.”

Agende sua consulta com o Dra. Tamara Passos. CLIQUE AQUI

Live “Pergunte ao Especialista”

Para que possa dar sequência em sua missão de levar informações sobre a Cannabis medicinal para o maior número de pessoas, médicos ou pacientes, que a Dra. Tamara Passos participa da live “pergunte ao Especialista”, realizado pelo portal Cannabis & Saúde, nesta quarta-feira, 25, às 19h.

“Espero que as pessoas fiquem cientes que, para muitos casos, existe essa possibilidade. O CBD pode ajudar muitos casos, então é importante vencer o preconceito, se abrir à possibilidade e conhecer os benefícios”, conclui.

“Eu acredito que, com o tempo,  não vai mais existir esse tabu. Uma prescrição como qualquer outra, como sempre foi. Só no século passado que proibiu, por questões políticas. Se não houvesse esse atraso, muitas pessoas poderiam estar se beneficiando há muito tempo.”

Assista a Live

Felipe Floresti

Postagens recentes

Usuários de canabinoides sintéticos têm abstinência mais grave, mostra estudo

Cientistas descobriram que os efeitos da retirada dos sintéticos aparecem mais rapidamente com consumidores relatando…

4 horas agora

Setembro Amarelo: LIVE abordará Cannabis e saúde mental nesta quarta

Psiquiatra Dr Wilson Lessa irá responder dúvidas da audiência sobre depressão, transtorno bipolar, burnout e…

23 horas agora

Cannabis e evidências científicas: nada melhor do que um estudo de 6 mil anos

Mestre em bioquímica Dr. Cristiano Fernandes escreve sobre os níveis de evidência e segurança da…

1 dia agora

Cientistas identificam maconha sintética inédita apreendida no Paraná

Droga teve moléculas modificadas em laboratório para dificultar a identificação, porém não enganou os cães…

2 dias agora

Agência Mundial Antidoping revisará proibição da maconha no atletismo

Uma nova análise sobre os efeitos da erva no desempenho dos atletas será realizada em…

5 dias agora

Empresas de Cannabis do Canadá só venderam 20% da produção

O restante da erva foi incinerada ou está apodrecendo estocada desde a legalização, em 2018,…

1 semana agora