Destaques

É possível importar flores de Cannabis para o Brasil?

“O que as pessoas realmente precisam entender é que a flor da Cannabis é apenas uma outra forma de se ministrar os produtos à base de Cannabis”, esclarece Diogo Pontes Maciel. O advogado, que é responsável pelo primeiro caso de importação de flor de Cannabis no Brasil, opina que muitas pessoas ainda desconhecem esta possibilidade de importação de Cannabis de maneira legal e dentro do marco regulatório. Ou seja, a resposta para o título é um estrondoso sim e conversamos com o Dr. Diogo sobre o panorama atual das importações de flores em território nacional. 

“O modelo de importação de flores traz mais segurança para o paciente por saber a qualidade das flores. E claro, também os níveis de THC. O na verdade se faz necessário em qualquer outro produto de Cannabis”, destaca o especialista em Direito aplicado aos serviços da saúde. 

Importar flores é possível no Brasil

A liberação da primeira importação de flores de Cannabis aconteceu em 2021. A partir de então, mais de uma centena de pessoas já receberam a flor importada legalmente aqui no Brasil. Da mesma forma, Dr. Maciel opina que todo o uso da Cannabis é de “caráter medicinal” e atuante pela busca do bem estar físico ou mental. “Temos os óleos, as balas de gomas e o spray. É apenas mais um produto que a gente consegue trazer para o Brasil de forma legal. E cada vez mais médicos vêm optando pela forma vaporizada da Cannabis para tratamentos”, explica.

Passo a passo para importar flores no Brasil

Antes de tudo é preciso destacar que para importar flores in natura para o Brasil há um caminho legal que deve ser realizado, assim como para qualquer outro produto à base Cannabis medicinal. O primeiro passo é passar por uma consulta com um médico prescritor de Cannabis medicinal. E em seguida, com a prescrição em mãos é preciso realizar autorização de importação com a Anvisa. 

O SUS e a Cannabis

Por fim, Dr. Maciel acredita que o conhecimento e a informação de qualidade caminham de mãos dadas com o avanço do uso da Cannabis no Brasil de forma legal. Para ele, já houve uma certa evolução na área, porém ainda é importante esclarecer sobre direitos dos pacientes gerando um acesso mais fácil e econômico dos produtos.

“Temos que fazer com que cada vez mais pacientes que precisam de Cannabis tenham acesso. E em um futuro tão não tão longínquo, a gente espera que o SUS venha fornecer inúmeros medicamentos à base de Cannabis. Independente da sua forma: oleosa, spray, bala de goma e flores também. E que empresas consigam produzir esse medicamento em solo nacional, para que o custo seja menor ao consumidor final. E o SUS pode garantir esse tratamento, inclusive existem alguns municípios e estados que já estão incluindo os medicamentos de Cannabis em listas de fornecimentos dos fármacos. Os planos de saúde também são responsáveis pelo fornecimento de medicamentos. Pois a Cannabis é mais uma terapia na vida dos pacientes”, finaliza.

Denise Tamer

Editora e jornalista especializada em Cannabis Medicinal

Postagens recentes

Melhores momentos da live com o Dr. Vinícius Mesquita

Selecionamos aqui nesta matéria os melhores momentos da live de ontem com o Dr. Vinícius…

14 horas agora

Cannabis Comestível: que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

A frase foi dita pelo médico e considerado “pai da medicina” Hipócrates, mas também podemos…

15 horas agora

“Cannabis é parte medicamentosa importante no tratamento odontológico”

O cirurgião-dentista José Muniz fala sobre a aplicação da Cannabis e da luta para que…

17 horas agora

Inovação, Cannabis e pesquisa científica: conheça o lab da UFSC

Um inovador laboratório de pesquisa estuda os efeitos da Cannabis em atletas e lançou há…

19 horas agora

Estudo identifica que CBD reduz crescimento do câncer de próstata

Em estudo realizado pela Associação Americana de Pesquisa de Câncer (AACR), os cientistas sul-africanos Lesetja…

2 dias agora

ONU: pandemia de Covid-19 e regulamentações aumentaram consumo de Cannabis no mundo

Segundo o Relatório Mundial sobre Drogas do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime de…

2 dias agora