Categorias: DestaquesSaúde

Falta de opções para tratar Tourette aumenta espaço para THC

Por Rogério Godinho

Mês de Conscientização da Síndrome de Tourette buscou alternativas, pois casos moderados e graves ainda sofrem sem tratamento eficaz

Uma doença da qual não podem se livrar e para a qual os medicamentos disponíveis não trazem o alívio necessário. Para tentar resolver este problema, ocorreu nos EUA entre 15 de maio a 15 de junho o mês de Conscientização da Síndrome de Tourette. O objetivo foi aumentar a visibilidade para a doença e arrecadar fundos para suporte e, principalmente, estudos para tratamentos. Entre eles, o THC.

Hoje, estima-se que 0,6% das crianças tenham a síndrome, metade desse número, não diagnosticadas. O percentual representa 138 mil crianças só nos Estados Unidos, segundo o americano Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

A enfermidade provoca tiques motores e vocais. Por ser um transtorno de neurodesenvolvimento, geralmente atinge crianças de 6 a 8 anos. Juntamente com os tiques, são comuns distúrbios como déficit de atenção, hiperatividade, transtorno obsessivo compulsivo, depressão, ataques de raiva, comportamento auto-agressivo, distúrbios de sono, entre outros. Ou seja, a doença afeta diretamente a qualidade de vida do paciente. 

As formas tradicionais de tratamento são terapia e interações medicamentosas. Entretanto, em muitos dos casos moderados a graves (37% dos doentes, ainda segundo o CDC), a eficácia medicamentosa é baixa. Por isso o mês de conscientização da Síndrome de Tourette busca novas formas de tratamento.

Nesse cenário, a cannabis se apresenta como excelente forma de complementar os tratamentos tradicionais, e, às vezes, até substituí-los. “Estou convencida de que é uma ferramenta terapêutica extremamente importante”, diz Ana Hounie, psiquiatra pernambucana referência no Brasil para síndrome de Tourette e seu tratamento com Cannabis. Ana hoje tem mais de 300 pacientes usando Cannabis medicinal. “Autistas que não falavam, começam a falar, pessoas com demência, que não reconheciam os familiares, voltam a reconhecer.”

Leia também: 30 doenças e tratamentos possíveis com Cannabis medicinal

Para tratar a síndrome de Tourette, o componente eficaz da cannabis é o THC, que é psicoativo. Mas esse canabinoide pode trazer alguns efeitos colaterais, como psicose, prejuízo de memória, aprendizado e até esquizofrenia. Por isso o CBD (canabidiol) também deve estar presente, pois protege dos efeitos colaterais do THC e ainda combate a ansiedade e problemas de concentração.

Há dois estudos que apontam para a eficiência do uso da cannabis no tratamento da síndrome de Tourette, ambos realizados na Medical School Hannover, pela psiquiatra alemã  Kirsten R. Müller-Vahl. Em 2003, apontaram a eficácia do THC, tanto no tratamento dos tiques, quanto nas problemas comportamentais que acompanham a síndrome. Em 2013, confirmaram que não há efeitos colaterais significativos nem duradouros.

Entretanto, as próprias pesquisas alemãs ressaltam que são necessários estudos mais abrangentes para assegurar segurança e eficácia da cannabis. Por isso, os médicos que a receitam, o fazem somente em casos graves, quando o paciente não respondeu bem ao tratamento convencional. 

Com iniciativas como o Mês de Conscientização da Síndrome de Tourette, mais pesquisas para comprovação de dosagem de cannabis para o tratamento da doença podem representar alívio e melhoria da qualidade de vida para milhares de crianças e adultos por todo o mundo.

Procurando por um médico prescritor de cannabis medicinal? Clique aqui temos grandes nomes da medicina canabinoide para indicar.
Carol Castro

Postagens recentes

LIVE abordou Cannabis e transtornos alimentares com Dra Janaína Barboza

Por 1h20, médica respondeu dúvidas sobre alimentação saudável e uso da Cannabis em condições como…

2 dias agora

“Em 20 dias, estava como se nunca tivesse nada”, diz paciente com dor crônica

Ao buscar a melhora da qualidade de vida de sua mãe com esclerose múltipla, Leila…

2 dias agora

Cannabis na amamentação não prejudica a saúde dos bebês, diz estudo

Pesquisa não encontrou diferença a curto prazo na saúde dos bebês de mães que testaram…

2 dias agora

Cannabis & Saúde dá cupom 25% OFF ao Cannabis Thinking

Grande evento com políticos e empresários da América Latina e EUA acontece no dia 23…

3 dias agora

LIVE: Cannabis no tratamento de transtornos alimentares é nesta quarta, às 19h

Dra. Janaína Barboza estará ao vivo respondendo dúvidas sobre a Cannabis no tratamento, desde a…

3 dias agora

Dia das Crianças: Cannabis é aliada no tratamento psiquiátrico de crianças

Embora ainda sejam limitados os estudos, medicamentos canabinoides podem entregar qualidade de vida onde o…

4 dias agora