Destaques

EUA encerram 5 décadas de monopólio do plantio de maconha

A agência federal de combate às drogas dos Estados Unidos, a famosa DEA (Drug Enforcement Administration) finalmente autorizou duas empresas de Cannabis a colher maconha para fins de pesquisa, relatou o Marijuana Moment. A medida encerra um monopólio federal de cinco décadas.

Uma fazenda que pertence à Universidade do Mississippi, a Ole Miss, tem sido a única fonte legal de Cannabis para pesquisas de nível federal dos EUA desde 1968. Isso mesmo apesar de processos judiciais e anos de reclamações de que o produto da Ole Miss não era de qualidade alta o suficiente para ser usado adequadamente em pesquisas importantes.

Embora a DEA tenha começado a pedir inscrições para cultivadores de Cannabis adicionais sob o presidente Barack Obama e, mais tarde, no governo Trump, não havia aprovado nenhum deles, até agora.

Vídeo institucional da Ole Miss para celebrar os 50 anos de parceria com o governo federal para produção de Cannabis

Em maio, o órgão anunciou que começaria a aprovar pedidos de universidades e produtores de Cannabis legais que buscam obter autorização federal para fabricar a planta para fins de pesquisa. Aparentemente, depois de uma lentidão, a DEA finalmente acabará com esse monopólio nacional.

Groff North America Hemplex e a Biopharmaceutical Research Company (BRC) são as duas empresas que obtiveram oficialmente a aprovação da DEA e começaram a cultivar e colher plantas de maconha.

Por enquanto, esses dois operadores estão autorizados a cultivar lavouras apenas para fins de controle interno de qualidade e calibração, com a intenção de, eventualmente, serem homologados para vender produtos ao DEA para distribuição para pesquisa clínica e desenvolvimento de medicamentos.

“Todas essas etapas são incrementais que levam à nossa produção na BRC e, certamente, a todos os nossos pares na indústria de Cannabis legalmente federal”, disse George Hodgin, CEO da BRC, ao Marijuana Moment. “Essas etapas só estão ocorrendo por causa do barulho alto dos defensores da Cannabis nas últimas décadas, destacou.”

“Essas etapas só estão ocorrendo por causa do barulho alto dos defensores da Cannabis nas últimas décadas.”

Marco crucial para a indústria da Cannabis

 

Isso representa um marco importante na indústria ao fornecer material de melhor qualidade para as pesquisas tão necessárias. Por muito tempo, os defensores da Cannabis criticaram duramente o monopólio federal, argumentando que ele limitou desnecessariamente pesquisas sérias devido à falta de oferta e por fornecer maconha de qualidade inferior e quimicamente diferente daquela que está disponível nos dispensários.

A diretora do Instituto Nacional de Abuso de Drogas (NIDA), Nora Volkow, disse à agência que seria “valioso” para os pesquisadores usarem maconha em dispensários para examinar que tipo de erva está sendo consumida para entender melhor seus benefícios e riscos.

A BRC finalizou sua primeira safra em novembro e já está trabalhando em um segundo lote sob licença da DEA. Groff completou sua primeira colheita na semana passada.

Em setembro, a DEA fez outro movimento implicando em apoio à pesquisa da maconha ao propor um aumento notável nos limites federais para a produção de psilocibina, psilocina e maconha para fins de pesquisa.

Redação Cannabis & Saúde

Postagens recentes

“Regulamentar as drogas é uma forma de combate à violência”

Pesquisador e professor da Fiocruz, o psiquiatra Marco Aurélio Jorge fala sobre sua experiência como…

41 minutos agora

Universidade busca voluntários para estudo sobre CBD e enxaqueca

A pesquisa, inédita no Brasil, está recrutando voluntários para saber sobre o uso de medicamentos…

2 horas agora

Veteranos de guerra querem apoio para tratar estresse pós-traumático com Cannabis

Na Austrália, veteranos de guerra estão pedindo por apoio e mais financiamentos para o uso…

3 horas agora

Cannabis em alta: importações de derivados de Cannabis sobem 110%

Com dados da Anvisa, a BRCann (Associação Brasileira da Indústria de Endocanabinoides) levantou que as…

13 horas agora

Cannabis e o câncer de mama: 4 coisas que você precisa saber

A Cannabis está se consolidando como um aditivo para garantir a qualidade de vida de…

20 horas agora

Ansiolítico natural: o que é e os benefícios da Cannabis medicinal

Alguma vez na sua vida, você já teve de usar algum tipo de ansiolítico natural?…

1 dia agora