Estudo indica que Cannabis equivale a opioides para controle da dor crônica

tratar dor cronica com cannabis

Produtos derivados da Cannabis podem tratar dor crônica com a mesma eficácia dos opioides, segundo mostra estudo publicado este mês.

O estudo publicado no Annals of Internal Medicine realizou uma revisão sistemática sobre o uso de canabinoides para o tratamento da dor e indicou que produtos derivados da Cannabis podem controlar a dor crônica com a mesma eficácia dos opioides.

 

Além disso, o artigo assinado por Marian S. McDonagh e colaboradores, evidenciou que os efeitos adversos são semelhantes e a segurança em longo prazo de uso ainda é desconhecido. 

 

Efeitos colaterais dos opioides

O estudo foi lançado no início deste mês e teve como incentivo a busca de medicamentos com menos efeitos colaterais para tratar a dor. Pois medicamentos opioides e não opioides apresentaram alguns efeitos adversos frequentes, e alguns menos frequentes, mas considerados graves. Estes variam de acordo com o medicamento específico ou classe de medicamentos.

É justamente devido ao fato de causar menos efeitos colaterais que os tratamentos derivados da Cannabis estão entre os principais considerados para tratar a dor crônica. Segundo o estudo: “o Canabidiol e outros canabinoides podem ter algumas propriedades analgésicas ou anti-inflamatórias e não se acredita que sejam psicoativos ou viciantes”.

tratar dor cronica com cannabis
Dra. Marian S. McDonagh, Ph.D., farmacêutica, professora e codiretora no Evidence-based Practice Center da Oregon Health & Science University, nos Estados Unidos.

Da mesma maneira, o artigo deixa claro que é imprescindível “a busca por tratamentos alternativos para a dor, idealmente com benefícios semelhantes ou melhores, mas com um perfil de segurança aprimorado”.

Cannabis para tratar a dor crônica

Essencialmente, o estudo revela que os índices de resposta ao tratamento da dor crônica foram comparáveis aos índices de resposta de tratamentos mais convencionais como opioides ou determinados antidepressivos. 

Porém a publicação também destaca que ainda são necessárias mais pesquisas científicas e dados sobre os produtos derivados da Cannabis. “A quantidade de provas disponíveis para os produtos relacionados com a Cannabis é muito limitada para os índices de resposta e, portanto, menos certa”, disse a Dra. Marian.

Atualizações trimestrais do estudo

O estudo foi encomendado pela Agency for Healthcare Research and Quality e será atualizado trimestralmente. O objetivo é que avancem as avaliações dos canabinoide no tratamento da dor crônica.

cannabis

Acesse a nossa plataforma de agendamento de consultas do portal Cannabis & Saúde e entre em contato com diversos médicos especialistas prescritores de Cannabis medicinal.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email