Categorias: Sem categoria

Cientistas israelenses testam CBD como suplemento para tratamento da Covid-19

Pesquisadores de instituições israelenses lançaram três ensaios clínicos que utilizam as propriedades anti-inflamatórias do canabidiol como suplemento potencial para o tratamento da doença provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19). A substância seria usada sozinha ou combinada com esteroides. 

Os cientistas lançaram três ensaios clínicos para apurar se as propriedades anti-inflamatórias do canabidiol (CBD) podem desempenhar um papel efetivo na interrupção ou lentidão da doença provocada pelo novo Coronavírus (COVID-19). Estudos anteriores já mostraram que o medicamento pode ajudar a regular o sistema imunológico do corpo e reduzir inflamações. 

O primeiro ensaio clínico consiste em “injetar” CBD no organismo do paciente através de exossomas. Exossomas são pequenas estruturas celulares, que atravessam com facilidade a membrana das células. Eles podem ser direcionados para células específicas funcionando como mísseis. Os cientistas irão utilizar exossomas carregados de canabidiol para que eles atinjam órgãos celulares danificados pelo COVID-19.

À medida que o vírus atacar o sistema respiratório dos pacientes, eles receberão estes exossomas através de um dispositivo de inalação. Os pesquisadores acreditam que a ação da sustância da Cannabis nas células danificadas pode diminuir a inflamação, auxiliando no tratamento da doença. O primeiro ensaio clínico conta com a colaboração da InnoCan Pharma e da Universidade de Tel Aviv, anunciada na semana passada.

Universidade de Tel Aviv anuncia colaboração com InnoCan Pharma para estudo sobre CDB no tratamento da COVID-19


O segundo ensaio clínico ocorrerá nas próximas semanas e inclui 10 pacientes que estão atualmente em tratamento no Rabin Medical Center de Israel. Os médicos combinarão esteroides tradicionais e CBD, pois acreditam que este aumentará o potencial terapêutico dos esteroides. O estudo, conduzido pela Stero Biotechs em colaboração com a Mor Research Application, já tem planos de expandir o tratamento para mais 40 pacientes, caso seja bem-sucedido.

O terceiro estudo, lançado pelo Centro Médico Ichilov de Tel Aviv, investigará se as propriedades anti-inflamatórias do canabidiol podem diminuir os sintomas respiratórios de pacientes com COVID-19 moderada.

Pesquisadores canadenses também anunciaram intenções de estudar qual o papel da Cannabis no tratamento da doença causada . Eles também acreditam que as propriedades anti-inflamatórias da maconha podem fornecer um papel crucial. 

 

Procurando por um médico prescritor de cannabis medicinal? Clique aqui temos grandes nomes da medicina canabinoide para indicar.

Redação Cannabis & Saúde

Publicado por
Redação Cannabis & Saúde

Postagens recentes

“A Cannabis foi a melhor coisa do mundo para a minha vida”

Após uma vida de dor e depressão causada pela fibromialgia, Ana Paula conseguiu finalmente experimentar…

6 horas agora

Nutricionista e Fisioterapeuta podem prescrever Cannabis via judicial

São duas as vias de acesso para a Cannabis medicinal no Brasil previstas pela Agência…

6 horas agora

Anvisa aprova 11º produto de Cannabis nas farmácias; veja lista

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, na última terça-feira (18), a autorização sanitária…

4 dias agora

O que é CBN (canabinol) e quais os benefícios deste canabinoide?

Saiba tudo sobre esta substância da Cannabis com potencial anti-inflamatório, antibacteriano, anticonvulsivo, analgésico e no…

4 dias agora

Pacientes relatam benefícios da Cannabis no tratamento de TDAH

Pesquisadores canadenses acompanharam três pacientes que utilizavam Cannabis no tratamento de Transtorno de Déficit de…

5 dias agora

Vigilância Sanitária não pode impedir farmácia de manipular Cannabis

Restrição fere o princípio da legalidade, entendeu o Tribunal de Justiça de SP. O Tribunal…

5 dias agora