Destaques

Cannabis é menos viciante que benzodiazepínicos?

O médico argentino Alejandro Andersson trouxe o assunto à mesa do país vizinho que recentemente sancionou a lei da Cannabis medicinal e do cânhamo industrial. Para o neurologista, a Cannabis é sim menos viciante que os benzodiazepínicos.

 

Os benzodiazepínicos constituem o grupo de psicotrópicos mais comumente utilizados na prática clínica devido as suas quatro atividades principais: ansiolítica, hipnótica, anticonvulsivante e relaxante muscular. 

 

Cannabis é menos viciante que benzodiazepínicos

Frente a críticas dos opositores sobre a lei da Cannabis na Argentina, o Dr. Andersson traçou uma relação entre o uso medicinal e o uso “viciante” da Cannabis. Para ele, “a questão dos vícios não passa pela substância. O principal vício no mundo é o álcool e o tabaco”, enfatizou Andersson em entrevista a um jornal da Argentina. 

Ansiedade e benzodiazepínicos

A classe de medicamentos benzodiazepínicos é largamente utilizada no combate à depressão e à ansiedade. Este tipo de remédio para ansiedade age por inibição das reações do sistema nervoso por meio do ácido gama-aminobutírico (GABA), que exerce ação supressora.

Por isso, é considerado um potente ansiolítico, anticonvulsivo e relaxante. Ele atenua a frequência das mensagens que trafegam entre o cérebro e o sistema nervoso, fazendo com que as respostas físicas e emocionais sejam abrandadas.

Efeitos colaterais

“Os medicamentos alopáticos tradicionais para saúde mental tem uma gama de efeitos colaterais, que são diferentes de um indivíduo para outro, mas que geram muito, muito impacto.”, afirma a Dra. Andréa Toledo. Em relação aos benzodiazepínicos, a médica opina que eles “resolvem um problema para criar outro”.

Ansiedade no Brasil e tratamento com CBD

Você sabia que de acordo com uma pesquisa do Ministério da Saúde, mais de 19 milhões de pessoas no Brasil sofrem de ansiedade? O país está na liderança absoluta em número de casos em todo o mundo. E o CBD é um aliado no tratamento desta condição. 

Considerando o risco da dependência ou mesmo da resistência do organismo aos ansiolíticos convencionais, o canabidiol (CBD) vem ganhando terreno enquanto alternativa no tratamento da ansiedade. 

Como o CBD interage com o sistema endocanabinoide por meio dos receptores CB1 e CB2, ele pode estimular ou inibir certas reações nervosas, contribuindo para aliviar os sintomas da ansiedade e da depressão.

Segurança do uso do CBD

Quanto aos efeitos do tratamento, a produção acadêmica tem cada vez mais se dedicado a entender de que maneira o canabidiol ajuda a controlar os sintomas das diversas manifestações de ansiedade.

Um dos estudos mais abrangentes sobre o assunto, feito por pesquisadores da Universidade de Nova Iorque, traz importantes evidências da eficácia do CBD contra a ansiedade: “As evidências pré-clínicas demonstram a eficácia do CBD na redução de comportamentos de ansiedade para vários transtornos, com uma notável ausência de efeitos ansiogênicos”.

Nós conectamos você aos melhores médicos prescritores de Cannabis Medicinal do Brasil! Agende uma consulta, acesse agora a nossa plataforma de agendamento de consultas, clique aqui.

Denise Tamer

Editora e jornalista especializada em Cannabis Medicinal

Postagens recentes

Melhores momentos da live com o Dr. Vinícius Mesquita

Selecionamos aqui nesta matéria os melhores momentos da live de ontem com o Dr. Vinícius…

14 horas agora

Cannabis Comestível: que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

A frase foi dita pelo médico e considerado “pai da medicina” Hipócrates, mas também podemos…

15 horas agora

“Cannabis é parte medicamentosa importante no tratamento odontológico”

O cirurgião-dentista José Muniz fala sobre a aplicação da Cannabis e da luta para que…

17 horas agora

Inovação, Cannabis e pesquisa científica: conheça o lab da UFSC

Um inovador laboratório de pesquisa estuda os efeitos da Cannabis em atletas e lançou há…

19 horas agora

Estudo identifica que CBD reduz crescimento do câncer de próstata

Em estudo realizado pela Associação Americana de Pesquisa de Câncer (AACR), os cientistas sul-africanos Lesetja…

2 dias agora

ONU: pandemia de Covid-19 e regulamentações aumentaram consumo de Cannabis no mundo

Segundo o Relatório Mundial sobre Drogas do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime de…

2 dias agora