Cannabis

Cannabis na odontologia: o que os dentistas estão dizendo

Desde abril de 2022, a Anvisa incluiu a especialidade odontologia na plataforma de importação de produtos com Cannabis. Ou seja, agora os dentistas podem prescrever canabinoides para seus pacientes para tratar diversas condições.

Estudos já identificaram o potencial da Cannabis nos consultórios de dentistas e, para verificar na prática, conversamos com profissionais que já prescrevem Cannabis para seus pacientes e estão vendo ótimos resultados. Antes de tudo, todos confirmam: a odontologia canábica veio para ficar.

Possibilidades com a Cannabis na Odontologia

As propriedades anti-inflamatórias, ansiolíticas, analgésicas e antimicrobianas da Cannabis se destacam na medicina, e na odontologia abrem possibilidades para várias condições como bruxismo, dor orofacial e pós-operatório.

Dr. Guilherme Martins

“As principais patologias que utilizamos hoje na odontologia é no controle do bruxismo, no controle da dor orofacial, ou DTM, e condições inflamatórias dentre elas a própria gengivite, as mucosites e as aftas bucais.” Dr. Guilherme Martins

Dr. Marcelo Cariello

“Tenho prescrito a muitos pacientes, obtendo resultados entusiasmantes. E muitos dos clientes que tem conhecimento de minha atuação nessa área, já chegam solicitando o tratamento.” Comentou Dr. Marcelo Cariello

Bruxismo

O bruxismo é um transtorno que faz o paciente ranger os dentes durante o sono e, em alguns casos, durante o dia também. Dentre as causas do bruxismo, se destacam a ansiedade, a tensão e a frustração.

No geral, cerca de metade dos usos medicinais da Cannabis tratam transtornos psicológicos similares aos que causam o bruxismo. No consultório da Dra Catarina, foi para tratar essa condição que ela começou a prescrever Cannabis para seus pacientes, obtendo bons resultados.

“Iniciei o uso de cannabis recentemente no meu consultório pra tratar principalmente pacientes com bruxismo. Essa condição acontece muitas vezes não só pelo alinhamento anormal da mordida mas também por carga emocional. Percebi uma melhora significativa na ansiedade do paciente, sono e tensão consequentemente reduzindo o nível de bruxismo.”

Foto: Engin Akyurt

Dor orofacial

A dor orofacial, também conhecida como DTM (desordens temporomandibulares), é uma dor na região da cabeça, podendo atingir a boca, mandíbula e face. Nesse caso, temos a Cannabis como uma aliada poderosa, pois ela já é utilizada para tratar outros tipos de dor como a dor neuropática e a enxaqueca.

Para o Dr. Guilherme Martins, estimular o uso de canabinoides para combater a dor orofacial, além de reduzir a dor, traz outros benefícios como a redução de medicações alopáticas com efeitos adversos severos.

“Muitas vezes os pacientes que procuram nossa clínica com dor orofacial são pacientes que já passaram por diversos procedimentos e muitas vezes abusando de medicações alopáticas que muitas vezes trazem junto os efeitos colaterais, dentre eles a própria dose dependência das medicações, gastrite. Diante disso, a aceitação dos pacientes tem sido muito boa até porque os produtos a base de Cannabis medicinal, dentre eles o CBG e o CBN, não têm efeitos colaterais relevantes.”

Pós-operatório

O poder anti-inflamatório da Cannabis também pode ajudar os pacientes que acabaram de passar por uma cirurgia, uma extração por exemplo. Surge um aliado para a recuperação, e no caso dos óleos que contém THC como os full spectrum, o efeito entourage também oferece efeitos analgésicos no pós-operatório. O Dr. Guilheme Martins recomenda o uso nessas situações, incentivando a redução da prescrição de medicamentos alopáticos.

“Um exemplo que eu cito sempre é o poder anti-inflamatório do próprio CBD. Ele por si só é uma uma das moléculas que tem um poder anti-inflamatório fantástico. Ou seja, muitas vezes passamos as medicações alopáticas e os pacientes por problemas de saúde ou problemas renais, por exemplo, não pode utilizar os anti-inflamatórios convencionais e por isso abrimos mão e utilizamos o canabidiol. E os óleos Full Spectrum em específico por conter a molécula de THC, auxilia e muito na analgesia, trazendo assim um conforto pós-operatório para o paciente.”

O Dr. Marcelo Cariello nota uma melhora geral no bem-estar dos pacientes, além da recuperação do local da intervenção cirúrgica.

“O melhor da aplicação da técnica da Cannabis medicinal é o seu caráter de atuação no organismo em geral, buscando a regularização fisiológica como um todo, função que chamamos de homeostase, que significa a manutenção de um estado de equilíbrio interno, independente de alterações externas. Assim sendo, além de ajudar no pós-operatório da área específica tratada, a Cannabis Medicinal ainda melhora o estado geral do paciente.”

Cannabis para a ansiedade odontológica ou medo da cadeira do dentista

Nem todo mundo fica confortável na cadeira do dentista, para algumas pessoas é um gatilho para a ansiedade. Uma opção para esses casos é tomar um sedativo ou ansiolítico para esquecer o som do “motorzinho” do dentista. A Cannabis poderia ajudar a superar esse desconforto pré-procedimentos e ser utilizada substituindo benzodiazepínicos, que frequentemente são administrados nesses momentos.

Dr. Guilherme Martins acredita que essa possibilidade com os canabinoides pode trazer muitos benefícios para os pacientes.

“Certos fitocanabinoides que podem agregar tratando essa ansiedade pré-atendimento. Podemos citar o o poder ansiolítico do próprio CBD, o poder sedativo do CBN. Assim, o paciente Após ser atendido, ele relata uma experiência mais agradável na cadeira do dentista. Sendo assim, muitas vezes abrimos mãos dos benzodiazepínicos, não tendo que utilizar eles. Como o Rivotril. E por diversas vezes, em pré-operatórios antigamente, utilizava-se muito a esses produtos alopáticos para fazer sedação antes da cirurgia.”

Por enquanto, a legislação brasileira está se adaptando à realidade dos produtos com Cannabis, nas drogarias encontramos apenas óleos com CBD e para ter acesso a outros tipos de artigos é necessário fazer uma importação. No entanto, há outros produtos para a saúde bucal disponíveis em outros países, como enxaguastes bucais e pastas de dente à base de Cannabis que prometem entregar os benefícios da planta a quem os usar. Há formulações com óleo de semente de cânhamo e também com canabidiol que num futuro próximo podem estar à disposição no país, contribuindo para a saúde bucal dos brasileiros.

Gostaria de um tratamento com um dentista prescritor de Cannabis? O Dr. Guilherme e o Dr. Marcelo estão na nossa plataforma de agendamentos, assim como diversas especialidades médicas.

Gregorio Ventura

Editor e jornalista especializado em Cannabis Medicinal

Postagens recentes

Melhores momentos da live com o Dr. Vinícius Mesquita

Selecionamos aqui nesta matéria os melhores momentos da live de ontem com o Dr. Vinícius…

14 horas agora

Cannabis Comestível: que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

A frase foi dita pelo médico e considerado “pai da medicina” Hipócrates, mas também podemos…

16 horas agora

“Cannabis é parte medicamentosa importante no tratamento odontológico”

O cirurgião-dentista José Muniz fala sobre a aplicação da Cannabis e da luta para que…

18 horas agora

Inovação, Cannabis e pesquisa científica: conheça o lab da UFSC

Um inovador laboratório de pesquisa estuda os efeitos da Cannabis em atletas e lançou há…

20 horas agora

Estudo identifica que CBD reduz crescimento do câncer de próstata

Em estudo realizado pela Associação Americana de Pesquisa de Câncer (AACR), os cientistas sul-africanos Lesetja…

2 dias agora

ONU: pandemia de Covid-19 e regulamentações aumentaram consumo de Cannabis no mundo

Segundo o Relatório Mundial sobre Drogas do Escritório da ONU sobre Drogas e Crime de…

2 dias agora