Gana legaliza o uso medicinal de Cannabis

Governo de Gana aprova lei que permite uso da cannabis para fins medicinais e industriais, com THC inferior a 0,3%, tornando-se o mais recente país africano a legalizar

Na última sexta-feira, 20, o parlamento de Gana aprovou um Projeto de Lei da Comissão de Controle de Narcóticos que permite o uso e cultivo de cannabis para fins medicinais e industriais. A nova lei limita a concentração de tetra-hidrocanabinol (THC) nas plantas a 0,3%. O uso recreativo segue ilegal no país.

Outros países também afrouxaram as leis voltadas para a cannabis nos últimos meses. Malawi, Zimbábue, Zâmbia, África do Sul e Lesoto seguiram o mesmo caminho. Ainda assim, como acontece em vários lugares do mundo, nem sempre a população interpreta bem a nova legislação. Muitos ganenses acreditam que a legalização da cannabis é para uso pessoal, o que não é o caso.

Siga-nos em nosso Instagram

“Não estamos promovendo o fumo. Estamos promovendo a indústria e promovendo a limpeza do meio ambiente. Estamos promovendo a criação de um novo fluxo de receita para o governo em termos de tributação do cultivo e exportação. Além disso, estamos falando sobre a promoção de medicamentos muito melhores do que opioides, porque ninguém morreu de consumir cannabis, explicou Nana Kwaku Agyemang, presidente da Associação de Cânhamo de Gana, a um portal de notícias local.

Quem irá regulamentar o comércio de cannabis será o Conselho de Narcóticos do país.

USO INDUSTRIAL

As fibras de cânhamo também são usadas para fazer roupas, biocombustível, papel e outros produtos. E costumam ser alternativas mais baratas, em relação aos outros produtos disponíveis no mercado.

A expectativa do governo é aumentar a arrecadação de impostos no país. A Associação de Cânhamo de Gana, que já assinou um acordo com uma operadora comercial de cannabis sediada em Portugal, espera arrecadar, nos próximos cinco anos, cerca de US$ 56 milhões. E pagar, ao governo, em impostos, quase US$ 10 milhões.

LEIA MAIS
Cannabis medicinal não protege contra o Coronavírus, mas aumenta imunidade
Coronavírus: dispensários de Cannabis estão abertos nos Estados Unidos por serem considerados essenciais

Redação Cannabis & Saúde

Postagens recentes

LIVE abordou Cannabis e transtornos alimentares com Dra Janaína Barboza

Por 1h20, médica respondeu dúvidas sobre alimentação saudável e uso da Cannabis em condições como…

2 dias agora

“Em 20 dias, estava como se nunca tivesse nada”, diz paciente com dor crônica

Ao buscar a melhora da qualidade de vida de sua mãe com esclerose múltipla, Leila…

2 dias agora

Cannabis na amamentação não prejudica a saúde dos bebês, diz estudo

Pesquisa não encontrou diferença a curto prazo na saúde dos bebês de mães que testaram…

2 dias agora

Cannabis & Saúde dá cupom 25% OFF ao Cannabis Thinking

Grande evento com políticos e empresários da América Latina e EUA acontece no dia 23…

3 dias agora

LIVE: Cannabis no tratamento de transtornos alimentares é nesta quarta, às 19h

Dra. Janaína Barboza estará ao vivo respondendo dúvidas sobre a Cannabis no tratamento, desde a…

3 dias agora

Dia das Crianças: Cannabis é aliada no tratamento psiquiátrico de crianças

Embora ainda sejam limitados os estudos, medicamentos canabinoides podem entregar qualidade de vida onde o…

4 dias agora