Portal Cannabis & Saúde conecta atletas a médicos do esporte

Sem Título-1

Nossa plataforma de agendamento de consultas tem nove profissionais que prescrevem Cannabis a paciente e atletas – amadores e profissionais

Neste domingo (12), uma longa reportagem do Fantástico, da TV Globo, mostrou como atletas campeões brasileiros têm se beneficiado das propriedades medicinais do canabidiol (CBD) para melhorar o desempenho, dores, lesões e ansiedade. Desde 2018, a agência mundial antidoping não pune mais o uso do CBD, que é derivado da maconha, e cada vez mais atletas usam e divulgam o composto.

“Eu faço o uso diário. É algo que eu levo não como medicamento. Mas como um suplemento”, destacou à reportagem Pedro Barros. Ele é bicampeão mundial de skate e medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio.

De fato, nos Estados Unidos, no Canadá e União Europeia, o canabidiol é considerado suplemento alimentar e não um medicamento, como no Brasil. Nesses países, qualquer cidadão pode adquirir óleos ou alimentos e comestíveis com CBD sem receita médica. 

Essa exigência pode cair com a aprovação do Projeto de Lei 399/15, que legaliza o plantio da Cannabis no Brasil para fins medicinais e industriais. Mas até que o PL vire lei, os atletas brasileiros – tanto amadores como profissionais – seguirão precisando de uma prescrição médica para poder adquirir produtos com CBD.

Reportagem de quase 9 minutos no Fantástico explicou sobre CBD no esporte

“O que o canabidiol pode fazer, ele pode melhorar aspectos que podem prejudicar o desempenho, tipo dor crônica ou tipo exaustão emocional. Ou melhora de problemas crônicos persistentes de sono”, afirmou ao Fantástico o médico Francisco Guimarães, professor titular de Farmacologia da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto.

Hoje os grandes entraves para atletas em busca do composto são a falta de médicos que estudem e prescrevam Cannabis, assim como a falta de informação. A boa notícia é que o portal Cannabis & Saúde conecta atletas a esses profissionais. Na nossa plataforma de agendamento de consultas, que hoje conta com mais de 150 médicos, nove são médicos com especialização no esporte.

São eles

E se a falta de informação era um problema, ao longo de 2021 produzimos muitos conteúdos sobre Cannabis no esporte, neste que foi o primeiro ano com o canabidiol liberado numa Olimpíadas. Foram diversas lives, reportagens e e-books que estão reunidos nessa página só sobre o assunto.

É atleta é quer buscar uma alternativa para controlar dores e lesões, melhorar o sono ou aumentar o foco e a concentração? A Cannabis pode ser para você. Clique no nome dos médicos acima para saber mais sobre cada um e agendar sua consulta!

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email